domingo, 7 de janeiro de 2018

CHINA SUPERANDO OS EUA JUDAICO SIONISTA EM DRONES DE ATAQUE - Drone de ataque da China estabelece novo recorde de disparos de precisão


Armamentos do veículo não tripulado de reconhecimento e assalto chinês, Wing Loong-2, durante o Salão Aeroespacial Dubai Airshow 2017, nos Emirados Árabes Unidos

Drone de ataque da China estabelece novo recorde de disparos de precisão

© Sputnik/ Sergei Mamontov
ÁSIA E OCEANIA
URL curta
6102
O drone de ataque de médio alcance mais avançado da China estabeleceu um novo recorde em testes de fogo ao vivo, atingindo "cinco alvos em sucessão" com cinco tipos únicos de mísseis, informou à estatal Aviation Industry Corporation da China (AVIC) aos meios de comunicação chineses.
"O Wing Loong II UAS [sistema aéreo não tripulado] atingiu cinco alvos em sucessão com cinco tipos diferentes de mísseis em uma única saída, estabelecendo um novo recorde", disse a empresa de aviação à agência de notícias estatal Xinhua. Os testes "em diferentes tipos de terrenos com diferentes tipos de mísseis e bombas mostraram que o Wing Loong II está equipado para lidar efetivamente com a operação de combate", disse Song Zhongping, analista militar chinês, ao Global Times.
O sistema aéreo não tripulado Wing Loong II também testou oito tipos diferentes de mísseis e dezenas de bombas "com uma taxa de sucesso de 100%", de acordo com a mídia estatal.
O Wing Loong II é capaz de transportar até 12 mísseis, uma dezena a mais que a versão anterior. A empresa de aviação não revelou os tipos de armas testadas, mas o UAS foi exibido ao lado das munições guiadas FT-9, FT-10, LS-6 e TL-2, CM-502 e Norinco Blue Arrow 7 no Paris Air Show em junho passado.
A China fechou o primeiro grande contrato para vender o Wing Loong II a um comprador estrangeiro em março de 2017. "Após os Estados Unidos, a China se torna o mais novo país capaz de desenvolver um drone tão grande capaz de atacar", declarou o designer Li Yidong à época.
A Xinhua não revelou a identidade do comprador nem o tamanho da ordem no momento do anúncio. A primeira variante Wing Loong foi adquirida por clientes internacionais, incluindo Egito, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão e Cazaquistão, uma explicação sobre tradicionais compradores de armas dos EUA JUDAICO SIONISTA, é que o armamento americano não funciona contra um eventual confronto com Israel, o que foi descoberto na guerra contra o Iraque, nenhuma defesa anti-aérea funcionou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário