sábado, 24 de junho de 2017

Rússia conseguiu 'sair' do isolamento financeiro

Kremlin, Moscou

Rússia conseguiu 'sair' do isolamento financeiro

© Sputnik/ Grigoriy Sisoev
Rússia
URL curta
91511100

Apesar das más relações com o Ocidente e das sanções impostas pelos Estados Unidos, o presidente russo, Vladimir Putin, conseguiu fazer sair seu país do isolamento financeiro, escreveu o colunista Holger Zschaepitz no jornal alemão Die Welt.


Em seu artigo publicado pela mídia alemã, Zschaepitz salientou que o governo russo foi capaz de encontrar investidores no mercado financeiro internacional à escala bilionária. Esse momento pode ser considerado um "ponto de viragem" para a Rússia, de acordo com o jornalista.
Zschaepitz considerou que, nos últimos anos, Putin "ganhou um lugar no palco mundial", embora a Rússia continue sofrendo dificuldades econômicas.
Depois da adesão da Crimeia à Rússia e da queda dos preços do petróleo, a Rússia entrou numa fase de declínio. Além disso, o país perdeu o acesso a dinheiro "rápido" no mercado de capitais, se lê no artigo do jornal alemão.

No entanto, recentemente a situação mudou, e a Rússia conseguiu encontrar investidores. "O Kremlin ganhou sem esforço $ 3 bilhões [R$ 11 bilhões] nos mercados financeiros" e fez isso em ambiente de agravamento das relações com os EUA, disse Zschaepitz.
Após as mais recentes sanções dos Estados Unidos, a Rússia colocou seus títulos nos mercados internacionais. Zschaepitz salientou que as vendas foram realizadas pelo banco estatal VTB Kapital que se encontra nas listas de sanções de ambos os lados do Atlântico.

De acordo com Andrei Kostin, diretor do VTB, "isto foi uma vitória da prudência econômica sobre as limitações geopolíticas". Os investidores percebem que as sanções não são um fator determinante se as condições de crédito são atraentes, disse Kostin.
Os acontecimentos recentes mostram que a Rússia, aparentemente, pode "facilmente contornar as sanções ocidentais" porque há sempre investidores dispostos a fazer acordos rentáveis.
A venda bem-sucedida dos títulos foi um "ponto de viragem", e Putin conseguiu elevar o ranking de crédito do país e assim sair da "exclusão financeira", concluiu Zschaepitz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário