domingo, 11 de junho de 2017

MRE da Rússia: ataques aéreos da coalizão internacional não têm pretexto antiterrorista

Caças da Força Aérea dos EUA

MRE da Rússia: ataques aéreos da coalizão internacional não têm pretexto antiterrorista

© Foto: US Air Force
Oriente Médio e África
URL curta
51382110

Ataques aéreos da coalisão internacional liderada pelos EUA não têm nada a ver com esforços antiterroristas, declarou a porta-voz do MRE da Rússia, Maria Zakharova, na quarta-feira (31).


Durante o briefing semanal, Maria Zakharova expressou suas preocupações em relação às vítimas dos ataques aéreos da coalizão internacional contra a zona sul da cidade síria de Raqqa, realizados em 27 de maio. Segundo ela, os ataques em questão mataram 20 pessoas.
Além disso, a porta-voz lembrou o ataque contra Mayadin, no sudeste da cidade síria de Deir ez-Zor, que resultou na morte de 35 civis.
"Nós reprovamos essas, para não dizer mais, mal concebidas e mal planejadas ações que são realizadas sob o pretexto de combate ao terrorismo internacional. Claro que não têm nada a ver com luta, especialmente com a luta efetiva contra o terrorismo internacional", declarou Maria Zakharova.

Ela também destacou que "na verdade, os ataques aéreos pioram a difícil situação na Síria, aumentam o número de vitimas entre civis sírios, causam caos e destruições e seguem as regras das organizações terroristas".
Não obstante, a porta-voz do MRE russo sublinhou que a proposta de cooperação estreita com Estados Unidos é atual.
"Afinal, foi realizado grande número de encontros e negociações, no entanto, mais uma vez digo que as propostas de cooperação estreita são reais — não somente a nível de contatos políticos em apoio às negociações, mas a interação real diária — e continuam em vigor", concluiu.
Telegram
Siga Sputnik Brasil no Telegram. Todas as notícias mundiais do momento em um só canal. Não perca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário