domingo, 11 de junho de 2017

Mísseis de cruzeiro russos serão mais protegidos

Variante móvel do lançador de mísseis de cruzeiro P-35 (arquivo)

Mísseis de cruzeiro russos serão mais protegidos

© Sputnik/ Igor Zarembo
Defesa
URL curta
101264130

O consórcio Tecnologias Radioelectrônicas (KRET), desenvolveu um sistema de proteção para mísseis de cruzeiro, informou representante da empresa, Vladimir Mikheev, citado pela edição Zvezda.

Segundo indicou Mikheev, o sistema já foi submetido a todas as provas necessárias. É universal e pode ser instalado em diferentes modificações de mísseis com qualquer tipo de ogivas.
O sistema de proteção de bordo é um importante avanço tecnológico, já que uma grande parte dos mísseis de cruzeiro são de longo alcance, mas se deslocam a baixas altitudes e velocidades subsônicas.

A Russian Navy ship launches a Kalibr cruise missile at the Jabhat Al-Nusra terrorist groupfrom the Mediterranean Sea. File photo
© Foto: Ministério da Defesa da Federação da Rússia
Desta forma, são bastante vulneráveis perante os sistemas de defesa antiaérea, incluindo tanto os mais potentes como o S-400 ou Buk, como as versões menos avançados, como o Pantsir S-1 e Tor. Mikheev apontou que o sistema de proteção de bordo para mísseis de cruzeiro permitirá reduzir essa ameaça.
O especialista não revelou as características, mas a KRET já fabrica os sistemas antimísseis de bordo President-S, que são instalados em helicópteros. São capazes de proteger de forma automática as aeronaves dos sistemas de defesa antiaérea detectando o lançamento inimigo e tomando medidas para anular o ataque.
O sistema permite detectar e rastrear mísseis do inimigo com um raio laser multiespectral para desativar seu sistema de guiamento. De acordo com os desenvolvedores russos, este sistema protege os helicópteros em, pelo menos, 90% dos casos de ataque (98%, de acordo com as provas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário