sexta-feira, 16 de junho de 2017

Mídia: o mais novo porta-aviões dos EUA está inoperacional

O porta-aviões norte-americano USS Gerald R. Ford

Mídia: o mais novo porta-aviões dos EUA está inoperacional

© AP Photo/ U.S. Navy / Mass Communication Specialist 2nd Class Ridge Leoni
Defesa
URL curta
22167890

O porta-aviões mais novo e mais caro na história dos EUA, o USS Gerald R. Ford, está inoperacional para combate, informa a agência Bloomberg, citando documentos da Marinha dos EUA.

Como sublinha a agência, há pouco tempo, o navio foi "solenemente" entregue à Marinha dos EUA, recebendo elogios do presidente norte-americano Donald Trump. Passadas apenas duas semanas, ficou claro que o porta-aviões não pode desempenhar sua função principal — receber e enviar caças de sua coberta.

De acordo com os documentos, a reparação das falhas técnicas aumentou o preço do cabo de desaceleração (sistema que assegura o pouso dos aviões na coberta) de 301 milhões de dólares (R$ 985,7 milhões) para 961 milhões (R$ 3147,2 bilhões).
No início de junho, a Marinha dos EUA recebeu o porta-aviões mais recente USS Gerald R. Ford, que custou aos EUA 13 bilhões de dólares (R$ 42,2 bilhões), que é considerado o mais caro navio de guerra no mundo. Vale destacar que, segundo o Pentágono, o navio estará completamente pronto somente em 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário