segunda-feira, 19 de junho de 2017

EUA são um estado criminoso e sem lei, de gangsters" - Coreia do Norte acusa Estados Unidos de confiscar pacote diplomático

Kim Jong-un o líder da Coreia do Norte

Coreia do Norte acusa Estados Unidos de confiscar pacote diplomático

© Sputnik/ Ilia Pitalev
Ásia e Oceania
URL curta
Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (143)
302675111

Pionyang revelou que a polícia dos EUA confiscou um pacote diplomático de uma delegação norte-coreana no aeroporto de Nova York.

A Coreia do Norte acusou as autoridades dos EUA de "agredir" uma delegação de seu país no aeroporto John F. Kennedy de Nova York e confiscar à força, um pacote de documentos diplomáticos. As informações foram repassadas à agência de notícias Reuters.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte disse sua delegação foi "literalmente agredida" em "um ato ilegal e de provocação atroz".
"Isso demonstra claramente que os EUA são um estado criminoso e sem lei, de gangsters", disse o porta-voz em comentários publicados pela agência oficial de notícias norte-coreana KCNA.
Por esta razão, de acordo com o diplomata, "a comunidade internacional deve reconsiderar seriamente se Nova York, onde uma agressão tão escandalosa é desencadeada, é capaz de servir de local para reuniões internacionais".
O Departamento de Estado e a Casa Branca ainda não comentaram a declaração da Coreia do Norte. De acordo com a KCNA, o incidente ocorreu no dia 16 de junho, quando mais de 20 funcionários alegaram ser membros do Departamento de Segurança Interna dos EUA. A polícia "fez um assalto violento como gangsters ao pacote diplomático" da delegação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário