terça-feira, 27 de junho de 2017

EUA acusam Irã de comportamento 'perigoso' no estreito de Ormuz

Helicóptero CH-53

EUA acusam Irã de comportamento 'perigoso' no estreito de Ormuz

© Foto: US Marine Corps / Sgt. Christopher Q. Stone
Oriente Médio e África
URL curta
15184852

A Marinha dos EUA declarou que um navio iraniano apontou com laser para um helicóptero americano que estava escoltando navios estadunidenses no estreito de Ormuz, classificando tal comportamento como perigoso para a navegação, informa a agência AFP.


O incidente ocorreu no dia 13 de junho quando o grupo de navios americanos estava nas águas internacionais do estreito de Ormuz. Como declarou o representante da Marinha dos EUA, Bill Urban, um navio iraniano se aproximou dos navios americanos, mirando para um helicóptero dos EUA posteriormente.
"Depois [de se aproximar], o navio iraniano apontou um laser para nosso helicóptero CH-53E, que estava escoltando o grupo de navios", declarou o militar.
De acordo com ele, posteriormente, o navio iraniano iluminou mais um navio americano, chegando muito perto do navio dos EUA, mais precisamente a 800 metros.
Como foi escrito no comunicado da Marinha dos EUA, "iluminar helicópteros com lasers durante a noite é perigoso, pois cria ameaça para o veículo aéreo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário