terça-feira, 6 de junho de 2017

Ataque da coalizão dos EUA contra soldados sírios matou ao menos dois e deixou 15 feridos



Soldados sírios e agentes do destacamento Falcões do Deserto perto de Palmira, na Síria, em 23 de março de 2016

Ataque da coalizão dos EUA contra soldados sírios matou ao menos dois e deixou 15 feridos

© Sputnik/ Mikhail Voskresensky
Oriente Médio e África
URL curta
14104417

Pelo menos dois militares sírios foram mortos e outros 15 ficaram feridos no ataque conduzido nesta terça-feira por forças da coalizão liderada pelos Estados Unidos na área de Tanf, segundo informou à Sputnik uma fonte local.

O USS Destroyer (DDG 78), comandante de mísseis guiados da Marinha dos EUA, conduz operações de ataque enquanto no Mar Mediterrâneo, que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos disse que era parte do ataque com mísseis de cruzeiro contra a Síria
© REUTERS/ Ford Williams/Courtesy U.S. Navy
"Dois soldados do Exército Sírio foram mortos, mais de 15 ficaram feridos como resultado do ataque aéreo dos EUA no deserto sírio."Mais cedo, a coalizão americana informou através de comunicado oficial que realizou um bombardeio na região, contra forças adicionais que apoiam o regime sírio, em uma zona de desconflito, perto de Tanf.
Esse é o segundo ataque da coalizão internacional contra tropas sírias em menos de um mês. O outro foi em 18 de maio.
Telegram
Siga Sputnik Brasil no Telegram. Todas as notícias mundiais do momento em um só canal. Não perca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário