sábado, 17 de junho de 2017

Ancara e Doha já preparam o deslocamento das tropas turcas para Qatar

Soldados do Exército da Turquia participam da cerimónia no Dia de República em Istambul, Turquia, 29 de outubro de 2015

Ancara e Doha já preparam o deslocamento das tropas turcas para Qatar

© AFP 2017/ DIMITAR DILKOFF
Oriente Médio e África
URL curta
Ruptura de relações diplomáticas com Qatar (41)
81980100

Uma delegação militar turca desembarcou em Qatar no dia 12 de junho com tarefa de preparar a base militar para receber as forças armadas turcas, em meio a uma crise diplomática entre Doha e outros estados árabes, informou o Estado Maior da Turquia, em uma declaração obtida pela Sputnik nesta terça-feira.


"Nossa delegação de três pessoas foi enviada para o Qatar no dia 12 de junho. Continua preparando a base para a implantação das tropas turcas, realizando o trabalho necessário e estabelecendo atividades de coordenação", acrescentou o comunicado.
O Estado Maior turco destacou que o acordo de cooperação para a implantação das forças armadas turcas no Qatar, com a finalidade de treinamento militar, é de 15 de junho de 2015, e que as atividades para sua implementação começaram em outubro do mesmo ano.
De acordo com o embaixador turco no Qatar, Ahmet Demirok, cerca de 3 mil soldados de todas as corporações serão deslocadas para a base no Qatar.
No dia 5 de junho, Arábia Saudita, EAU, Egito e Bahrein romperam as relações diplomáticas com Qatar, acusando o país de apoiar o terrorismo e de interferir em assuntos internos dos países árabes. O rompimento foi seguido pelas Maldivas, Maurícias e Mauritânia. Senegal, Niger e Chade convocaram os seus embaixadores de Doha. Jordânia e Djibouti reduziram as atividades das suas representações diplomáticas no país.

No dia 6 de junho, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, declarou que a Turquia continuará desenvolvendo suas relações com o Qatar e que empreenderá esforços para resolver a crise através do diálogo.
Na sexta-feira, Erdogan aprovou uma lei que permite a implantação de tropas turcas no Qatar, em meio à crise diplomática entre Doha e outros estados árabes. O presidente turco afirmou que Doha não apoia o terrorismo.
Telegram

Nenhum comentário:

Postar um comentário