sexta-feira, 12 de maio de 2017

Pyongyang qualifica novas sanções dos EUA como 'crime torpe contra a humanidade'


Cidade de Pyongyang

Pyongyang qualifica novas sanções dos EUA como 'crime torpe contra a humanidade'

© Sputnik/ Iliya Pitalev
Ásia e Oceania
URL curta
337521

A Assembleia Popular Suprema (parlamento norte-coreano) enviou uma carta de protesto à Câmara dos Representantes do Congresso dos EUA.

O protesto está relacionado ao novo pacote de sanções adotado por Washington contra Pyongyang. Como informa a agência de notícias AP, citando mídia norte-coreana, os parlamentares da Coreia do Norte descreveram as novas sanções como um 'crime torpe contra a humanidade'. De acordo com agência norte-coreana KCNA, a carta foi enviada na sexta-feira (12).
A AP destaca que, como os EUA e a Coreia do Norte não têm relações diplomáticas e, consequentemente, canais de comunicação oficiais, não está claro como os deputados norte-coreanos enviaram a mensagem aos seus colegas em Washington.
No início de maio, a Câmara dos Representantes do Congresso dos EUA aprovou uma lei que simplifica a introdução de sanções contra Coreia do Norte. Agora a lei tem que ser aprovada pelo Senado dos EUA e depois ser entregue ao presidente Trump para assinatura.
A tensão em torno da península da Coreia aumentou nos últimos meses devido aos testes de mísseis realizados por Poyngyang, Os EUA declaram que não excluem ações militares contra a Coreia do Norte, mas tencionam se focar na pressão econômica sobre Pyongyang por meio de sanções.
Twitter
Siga Sputnik Brasil no Twitter e fique por dentro das notícias mundiais do momento

Nenhum comentário:

Postar um comentário