quinta-feira, 4 de maio de 2017

OBJETIVO DOS "JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL" ESTÁ SENDO ATINGIDO - Em 2050 uma Pessoa Morrerá a Cada 3 Segundos por Bactérias Resistentes aos falsos Medicamentos fabricados por eles



O estudo encomendado pelo escritório do primeiro ministro britânico(JUDEU SIONISTA), chama para agir diante um problema que está tornando-se mais mortal que o câncer(ASSIM COMO TODAS AS DOENÇAS CRÔNICAS, O CÂNCER TAMBÉM É INDUZIDO PELOS "JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL", ATRAVÉS DOS ALIMENTOS "TRANSGÊNICOS", DAS "FALSAS VACINAS", DOS "FALSOS REMÉDIOS" E DOS "AGROTÓXICOS" FABRICADOS EXCLUSIVAMENTE EM SEUS LABORATÓRIOS EM TODO MUNDO)
O primeiro ministro britânico(JUDEU SIONISTA), faz este alerta apenas para induzir seus pares no governo, para destinar verbas, que pseudamente seriam para novas pesquisa, onde os pesquisadores, com certeza são "Judeus Sionistas de Israel" se locupletarem das polpudas verbas públicas, em prejuizo do contribuinte inglês, portanto o objetivo não é humanitário e sim pecuniário.

 Em 2050 uma Pessoa Morrera a Cada 3 Segundos por Microbios Resistentes aos Medicamentos

[Estudo] Objetivo dos "Judeus Sionistas de Israel" está sendo atingido - Em 2050 uma Pessoa Morrerá a Cada 3 Segundos por Bactérias Resistentes aos falsos Medicamentos fabricados por eles fabricados. Eis aí a verdadeira indústria da "Morte".

A ameaça das bactérias resistentes aos antibióticos (AS BACTÉRIAS SÃO INTRODUZIDAS PELOS "JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL" E OS ANTIBIÓTICOS TAMBÉM SÃO FABRICADOS POR ELES) é cada vez maior. Se a situação atual não se modificar, em 2050 morrerão mais pessoas de infecções incuráveis com medicamentos do que de câncer, conclui o recente relatório da The Review on Antimicrobial Resistence (Estudo da Resistência Microbiana), encomendado pelo escritório do primeiro ministro britânico(JUDEU SIONISTA).

Atualmente, cerca de 700.000 pessoas morrem por ano devido à resistência às bactérias. Em 2050, serão 10 milhões anuais; ou seja, uma pessoa a cada três segundos, calcula a BBC.

Especificamente, as causas das mortes se devem a doenças causadas por micro-organismos que evoluíram e se tornaram resistentes aos antibióticos. Se não forem descobertos novos medicamentos, em 2050 não será raro morrer de um simples ferimento ou em um parto.

Leia também: Doenças Sexualmente Transmissíveis se Tornam Resistentes aos Antibióticos

Por isso, é indispensável abandonar o uso desnecessário de antibióticos, o qual se tornou uma prática comum, e forçar os cientistas e empresas farmacêuticas a buscarem novos tipos de antibióticos. A última vez que  foi descoberto um novo tipo de substância química, foi na década de 1980, segundo a BBC.

É necessário além disso, melhorar as condições sanitárias e higiênicas, reduzir a contaminação procedente da indústria e da agricultura (incluindo o uso excessivo de antibióticos em gados para aumento de peso), introduzir novas vacinas e diagnósticos rápidos e melhorar a vigilância global, diz o relatório. Tudo isso exige mais profissionais envolvidos na solução do problema.

Leia mais:

Resistência aos Antibióticos Ameaça a Todos, diz OMS

A Era Pós-Antibióticos Está Aí – A Raça Humana Em Perigo?
Fontes:
El Microlector: EN 2050 UNA PERSONA MORIRÁ CADA 3 SEGUNDOS POR MICROBIOS RESISTENTES A LOS MEDICAMENTOS
– Review on Antimicrobial Resistance: Antimicrobial Resistance: Tackling a crisis for the health and wealth of nations (PDF)
The Independent: Antibiotic resistance ‘could become bigger threat to mankind than cancer’
RT: Una persona morirá cada tres segundos por microbios resistentes a los medicamentos en 2050

Nenhum comentário:

Postar um comentário