quinta-feira, 4 de maio de 2017

MST CONTRA OS "TRANSGÊNICOS DOS JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL" - Uma verdade boa de engolir: MST mostra produção agrícola de reforma agrária


Feira do MST vai mostrar como podução orgânica é viável no país

Uma verdade boa de engolir: MST mostra produção agrícola de reforma agrária

Marcello Casal/Agência Brasil
Brasil
URL curta
1788691

Mais de 800 agricultores de todas as regiões do país vão participar, no Parque da Água Branca, em São Paulo, da 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária, de 4 a 7 deste mês. Com o evento, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), vai mostrar o resultado das lutas ao longo dos anos, apresentando alimentos saudáveis para os brasileiros.

A produção de assentamentos e acampamentos organizados pelo movimento representa um contraponto ao atual modelo de agricultura. Enquanto que o modelo do agronegócio privilegia o lucro com riscos ao meio ambiente e à população, a proposta da comida comercializada pelo MST é alimentar as famílias do campo e da cidade, possibilitando uma vida mais saudável.
“Vamos dialogar com o público presente sobre o campo, a produção saudável e os assentamentos da reforma agrária a partir das experiências que estamos tendo nos estados, dentro dos assentamentos, onde direcionamos essa questão da produção de alimentos limpos, sem veneno e diversificados tanto para as famílias assentadas, como para a sociedade”, diz Milton Farnazieri, da coordenação nacional do MST.
A feira também promete outro tipo de alimento. Um Festival de Cultura Popular traz ao palco principal, com entrada franca, nomes conhecidos do público como Tulipa Ruiz, Tico Santa Cruz, o forrozeiro Targino Gondim e a cantora Liniker e os Caramelows. Ainda constam na programação feiras literária e de troca de sementes, seminários de formação sócio-política e uma praça de alimentação com o melhor das culinárias regionais de todo país, no espaço Culinária da Terra. O evento também promete rodas de capoeira, teatro e cirandas infantis.
A programação político-cultural conta também com seminários. O “Alimentação Saudável – um direito de todos e todas” recebe as palestrantes Bela Gil, Letícia Sabatela, o ex-ministro da saúde Alexandre Padilha, o ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica e o coordenador do MST, João Pedro Stédile.

Nenhum comentário:

Postar um comentário