sábado, 27 de maio de 2017

Ministério da Defesa russo acusa Pentágono de obsessão pela guerra fria


Portões em frente ao Ministério da Defesa da Rússia

Ministério da Defesa russo acusa Pentágono de obsessão pela guerra fria

© Sputnik/ Evgeny Biyatov
Rússia
URL curta
22158646

O Pentágono está obcecado pela guerra fria com a Rússia e ignora as ameaças reais, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov.

O major-general comentou assim as declarações do chefe do Comando de Forças Especiais dos EUA, general Raymond Thomas, que discursou perante o Senado.
Thomas havia mencionado a Rússia entre as cinco maiores ameaças para os Estados Unidos, indicando que os atos agressivos russos têm um caráter permanente.
"Não nos surpreende a obsessão de certos generais do Pentágono pelos estereótipos da guerra fria, tal como sua incompreensão das ameaças reais à segurança", disse Konashenkov.
No final de abril, o chefe do Estado-Maior russo Valery Gerasimov constatou que "a retórica de confronto em relação à Rússia só aumenta, a UE e a OTAN acusam regularmente a Rússia de escalar a tensão". Moscou manifestou, em diversas ocasiões, sua preocupação com a atividade da OTAN perto das fronteiras russas classificando-a de desestabilizadora e provocante.
Na cúpula de julho passado, a OTAN aprovou um aumento sem precedentes de sua presença militar no leste da Europa ao decidir colocar os quatro batalhões multinacionais, de 600 a 1.000 militares de cada um, na Estônia, Letônia, Lituânia e Polônia no âmbito da sua política de contenção da Rússia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário