quinta-feira, 25 de maio de 2017

Coreia do Sul vai tentar convencer EUA para apontar THAAD para norte para acalmar China

Protestos contra implementação do THAAD americano na Coreia do Sul, Seul, 13 de abril de 2017

Coreia do Sul vai tentar convencer EUA para apontar THAAD para norte para acalmar China

© AP Photo/ Ahn Young-joon
Ásia e Oceania
URL curta
3209531

O enviado especial do presidente sul-coreano, Lee Han-dong, vai novamente tentar, durante sua próxima visita à China, convencer as autoridades chinesas da necessidade de instalação do sistema de defesa antimíssil THAAD norte-americano e vai propor um plano para reduzir as preocupações da China.

De acordo com uma fonte da Sputnik Coreia, a Coreia do Sul planeja propor à China o compromisso de apontar os radares do THAAD rigorosamente para norte, para que eles não monitorizem o território da China, e de garantir que eles não serão incorporados no sistema de defesa antimíssil global dos EUA. Ao mesmo tempo, a Coreia do Sul pretende propor aos Estados Unidos o mesmo plano.
O ex-premiê da República da Coreia, Lee Han-dong, que recebeu na véspera uma carta especial do presidente sul-coreano para o governo chinês, deveria ter viajado para a China já hoje (17 de maio), mas teve que adiar sua visita por um dia por causa do compromisso de realizar uma conferência especial em uma universidade sul-coreana. Entretanto, os enviados especiais do presidente Moon Jae-in ao Japão e aos Estados Unidos já partiram hoje. A visita do enviado especial à Rússia é esperada entre 23 e 24 de maio. Ele, segundo relatos, será recebido pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin.
Telegram
Siga Sputnik Brasil no Telegram. Todas as notícias mundiais do momento em um só canal. Não perca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário