quinta-feira, 11 de maio de 2017

Coreia do Sul: novo presidente inicia diálogo com China e Japão sobre Coreia do Norte


South Korean President Moon Jae-in speaks with Chinese President Xi Jinping by telephone at the Presidential Blue House in Seoul, South Korea in this handout picture provided by the Presidential Blue House and released by Yonhap on May 11, 2017

Coreia do Sul: novo presidente inicia diálogo com China e Japão sobre Coreia do Norte

© REUTERS/ Blue House/Yonhap
Ásia e Oceania
URL curta
7136860

O novo presidente sul-coreano já começou a dialogar com os vizinhos sobre a situação da Coreia do Norte. Com uma postura mais flexível que os governos anteriores, Moon Jae-in afirmou que diálogo e sanções são a saída para a crise.

Antigo advogado de direitos humanos, Moon tomou posse nesta quarta-feira (11) e afirmou em seu primeiro discurso como mandatário que irá tratar da tensão na península coreana imediatamente.
A primeira conversa de Moon foi com presidente chinês Xi Jinping. O diálogo foi sobre como lidar com o desenvolvimento do programa nuclear da Coreia do Norte.
"A resolução da questão nuclear da Coreia do Norte precisa de uma resposta compreensiva e sequencial, com pressão e sanções em paralelo às negociações", disse Moon a Xi Kinping, segundo o porta-voz  Yoon Young-chan.
Moon afirmou que estaria disposto a visitar Pyongyang "sob as condições certas". A posição do novo presidente contrasta com a política de Trump, que afirma que a Coreia do Norte deve abandonar seu programa nuclear antes de voltar a negociar.
Ainda assim, Trump, que conversou com Moon no dia de sua posse, também já disse que poderia visitar Kim Jong-un. "As ameaças do programa de mísseis e do programa nuclear da Coreia do Norte entraram em um novo estágio", disse o primeiro-ministro Shinzu Abe, de acordo com seu chefe de gabinete.
Abe ainda afirmou que o "diálogo pelo diálogo" seria infrutífero e pediu uma demonstração "concreta e sincera" das intenções de Pyongyang.

Nenhum comentário:

Postar um comentário