domingo, 30 de abril de 2017

Manifestação em frente à casa de Temer foi dispersada pela polícia


Um manifestante incendeia um orelhão em São Paulo durante ato que acontece no âmbito da greve geral em 28 de abril de 2017

Manifestação em frente à casa de Temer foi dispersada pela polícia

© AFP 2017/ Miguel Schincariol

A manifestação em frente à casa do presidente Michel Temer, em São Paulo, foi marcada por confronto entre manifestantes e a polícia.

Imagens de televisão mostraram a tropa de choque usando bombas de efeito moral, balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar o grupo de manifestantes, informou Agência Brasil.
Apesar dos confrontos, a situação no Largo do Batata estava relativamente tranquila, segundo a assistente de projetos, Juliana Figueiredo, que conversou com a agência Sputnik Brasil e relatou alguns dos momentos da manifestação.
Durante toda a sexta-feira trabalhadores paralisaram as atividades em vários setores do país em adesão à greve geral, convocada pelas centrais sindicais contra as reformas trabalhista e da previdência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário