sábado, 8 de abril de 2017

AS FALSAS VACINAS DOS "JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL" - A Indústria "Judaico Sionista" de Vacinas é Corrupta e tem os Meios e o Motivo para Encenar um “Surto” de Falsa Bandeira para Forçar as Falsas Vacinas




A Indústria de Vacinas Corrupta tem os Meios e o Motivo para Encenar um Surto de Falsa Bandeira para Forçar as Vacinas nnA

A indústria de vacina é única no fato de que quanto mais os seus produtos falham, maior a demanda por seus produtos falhos. Simplificando, quando as vacinas são propositadamente distribuídas com vírus vivos, em vez de vírus atenuados (enfraquecidos), elas causam os surtos de doenças que afirmam evitar.


Uma vez que o surto acontece, a grande mídia "judaico sionista" financiada pela indústria farmacêutica "judaico sionista" catapulta a histeria da doença para a consciência em massa, ao mesmo tempo que pede que todos tomem mais vacinas para “prevenir o surto”. Aqueles que não foram vacinados são sempre culpados por cada surto, mesmo quando os surtos ocorrem principalmente entre as crianças que já tenham sido vacinadas.

OOPS… outro vírus vivo acidentalmente fabricado em vacinas

Nós já sabemos que os judeus fabricantes de vacinas, por vezes, enviam vírus vivos às instalações de produção, fazendo com que os vírus vivos sejam usados em vacinas que posteriormente infectam as pessoas vacinadas com a mesma doença que elas afirmam prevenir. Sabemos também que os judeus fabricantes de vacinas gozam de uma proteção legal exclusiva de todos os processos judiciais devido a um ato do Congresso. Como resultado, as vacinas falhas que acidentalmente (ou intencionalmente), (mas geralmente propositadamente), contêm vírus vivos que espalham surtos de doenças, representam risco zero de responsabilidade aos fabricantes de vacinas(ISTO QUER DIZER QUE OS JUDEUS TEM LICENÇA PARA MATAR QUEM SE VACINAR SEM A MÍNIMA RESPONSABILIDADE DESTE ATO CRIMINOSO, COM O BENEPLÁCIDO E CONIVÊNCIA DO NOSSO CORRUPTO "CONGRESSO NACIONAL", ONDE, OS JUDEUS COMPRARAM TODOS OS FAMINTOS E CORRUPTOS CONGRESSISTAS).

Em resumo, os judeus fabricantes de vacinas experimentam enormes benefícios dos surtos “propositais” de doenças causadas pela fabricação da vacina falha ao ter zero exposição a responsabilidade por tais “crimes”. Como resultado, os judeus fabricantes de vacinas têm todo o incentivo para utilizar as vacinas como vetores para introduzir surtos de doenças infecciosas na população, após os quais eles desfrutam de enormes lucros, e o governo concede financiamento graças a toda a histeria das “notícias falsas” da mídia que afirmam que as vacinas são a única solução para o mesmo problema que foi causado pelas vacinas em primeiro lugar.
  
Os virologistas que trabalham para a Merck até mesmo entraram com uma Lei civil contra Alegações Falsas (False Claims Act) com o governo federal, descrevendo como eles foram forçados a falsificar resultados de ensaios clínicos de vacinas para enganar a FDA para aprovar vacinas que disseram que iriam contribuir para a propagação de doenças infecciosas.
É a raquete perfeita: criar um produto que espalha a doença, convencendo o mundo inteiro que seu produto é a única solução para parar a propagação da doença. Cada surto ganha de você mais dinheiro e prestígio, enquanto o governo concede proteção legal absoluta de todos os processos, ou seja, você pode colocar, literalmente, qualquer coisa em uma vacina – vírus vivos, metais pesados, isótopos radioativos, etc. – e não enfrentar repercussões financeiras ou coletivas que seja, ou seja, os judeus tem licença para matar, aleijar e adoecer cronicamente todo mundo e não responder por isso.


As empresas de vacinas têm os meios, o motivo e a falta de ética para cometerem ataques de falsa bandeira contra as crianças

Neste podcast, explico como e por que as empresas "judaico sionistas" de vacinas têm os meios, o motivo e a falta de moral médica para desencadear ataques de falsa bandeira causados pela vacina que atacam crianças com agentes infecciosos vivos (verdadeiras armas biológicas, essencialmente. -- E quem nos garante que não somos alvos de uma guerra biológica que o judeus fazem contra a humanidade, segundo eles mesmo propagam que querem diminuir a população mundial?).

Ainda mais, eu prevejo que, devido a indústria "judaico sionista" de vacinas estar perdendo a guerra de relações públicas devido aos esforços de aceleração da educação pública – tal como mostra a série documental The Truth About Vaccines que está prestes a ir a público – a indústria "judaico sionista" das vacinas está inquestionavelmente conspirando para realizar um “surto” de falsa bandeira causado pela vacina, e depois culpar os chamados “anti-vacinas” pelo caos médico que segue. Este surto, por sua vez, será usado para exigir mandatos de vacinas em todo o país que criminalizam os “anti-vacinas”, e para procurar colocar o governo em uma posição de controle absoluto sobre o seu corpo, ou seja, as pessoas terão suas saúde controlada pelos criminosos "judeus sionistas".
Leia mais:
 


 200 Evidências Baseadas em Razões para NÃO Vacinar - Download Grátis da Pesquisa em PDF!200 Razões Baseadas em Evidências para NÃO Vacinar (PDF)

A mídia, o seu pediatra, os políticos e as autoridades de saúde, como o CDC e a FDA alegam que as vacinas fabricadas pelos judeus são seguras e eficazes. Então, por que centenas de estudos de revisão por pares indicam que o oposto é verdadeiro? Leia, baixe e compartilhe amplamente este documento  para fornecer o necessário contrapeso baseado em evidências à propaganda pró-vacinação que infectou globalmente a consciência popular e a discussão como uma doença intratável.
É abundantemente claro que, embora o contexto da vacina hoje, nomeadamente, todos devem cumprir o calendário de vacinação tamanho único do CDC ou ser rotulado como um risco à saúde para a sociedade em geral seja sucumbir para abrir e equilibrar a discussão, está a evidência biomédica de revisão por pares em si que vai pavimentar o caminho tornando o debate racional para o assunto acontecer.
Com este objetivo em mente, o site GreenMedInfo.com coletou meticulosamente mais de 300 páginas de resumos de estudos selecionados diretamente da base de dados bibliográfica do pubmed.gov da Biblioteca Nacional de Medicina sobre os amplos efeitos adversos para a saúde ligados a vacinas fabricadas pelos judeus na programação atual (mais de 200 efeitos adversos distintos, incluindo morte), bem como inúmeros estudos relacionados à contaminação da vacina e falha vacinal em populações altamente submissas a vacinas.
Esta é a literatura que os meios de comunicação "judaico sionistas", políticos comprados pelos judeus e "organizações não-governamentais judaico sionistas" de saúde como o CDC, fingem com desprezível desonestidade não existir – como se danos causados por vacinas não acontecessem, apesar dos mais de 3 bilhões de dólares que o governo americanos pagou aos prejudicados pelas vacinas através do National Vaccine Injury Compensation Fund desde que foi inaugurado em 1986.
Temos escrito extensivamente sobre esta pesquisa anteriormente, destacando diferentes estudos, focando em traduzir as suas implicações para as pessoas leigas (veja nossa seção de artigos sobre as vacina aqui), mas acreditamos que a coleta e condensação exclusivamente da própria literatura primária se torna uma declaração muito mais poderosa.
Este documento está sendo fornecido gratuitamente para download em todo o mundo, a fim de incentivar o público leigo, os profissionais de saúde, ativistas e autoridades eleitas tanto para ler, reconhecer e compartilhar a volumosa literatura com seus familiares, amigos, colegas e partes interessadas. Você vai notar que essa pesquisa mina a agenda nacional e global que continua a expandir o esquema vacinal (em nome de uma indústria da vacina pertencente a "judeus" que é protegida contra ações judiciais de produtos defeituosos ou prejudiciais), por meio do aumento da pressão legislativa para eliminar deles as isenções e mandatos contra a evidência de danos e na melhor das hipóteses, a eficácia equívoca como medida de saúde preventiva.
Se o braço de vacinação da medicina moderna hoje quer continuar a promover-se como uma ciência e prática baseada em evidências, ele deve reconhecer e incorporar as implicações da pesquisa que estamos liberando aqui, ou perder qualquer pretensão de credibilidade. Não fazer isso irá revelar que o impulso generalizado para remover a sua escolha é orientada por uma agenda e não é conduzida por evidências, e devido ao fato de que todas as vacinas carregam o risco de danos irreversíveis e até a morte (qualquer inserção vacinal comprova isso), viola claramente o Código de Nuremberg de moral médica para promovê-los a priori como segura e eficaz.


O documento está infelizmente em inglês, se alguém quiser colaborar fazendo a sua tradução por enviar uma mensagem através do formulário de contato neste site.
10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus Filhos 10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deveria Vacinar Seus Filhos

Vacinar uma criança é uma decisão importante que todos os pais devem fazer. Mas nem todos os pais compreendem os riscos envolvidos, os verdadeiros riscos que poderiam deixar uma criança debilitada por toda a vida, ou até mesmo matá-la. A máfia de judeus pró-vacina está rapidamente varrendo todos os casos de lesões relacionadas com a vacina e morte para debaixo do tapete como anomalias extremamente raras, mas muitas mães de uma criança prejudicada pela vacina serão as primeiras a dizer-lhe que, se ela pudesse fazer mais uma vez, ela não teria deixado a filha dela ser vacinada.

Se o seu médico, diretor da escola do seu filho ou um amigo ou membro da família está pressionando você para vacinar seu filho com vírus geneticamente modificados (transgênicos), metais pesados ​​e conservantes, e você não tem certeza de como fazer uma escolha melhor e mais informada a respeito – ou mesmo como responder a essas pessoas de forma inteligente, a fim de calá-los – considere as 10 razões seguintes para não caminhar na rota de vacinação [1]:
1) As vacinas não funcionam. Quando impressa em um cartaz ou repetida ad nauseam pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a alegação embutida de que as vacinas previnem doenças transmissíveis e concedem imunidade duradoura pode soar bem para as massas de baixa informação. Mas a ciência simplesmente não a reforça, com surto após surto provando que as pessoas vacinadas são as mais imunocomprometidas, e são sempre as únicas a contrair as doenças contra as quais foram vacinadas.
Leia também:  [Bomba] 85% das Vítimas dos Surtos Recentes de Sarampo Já Tinham Recebido a Vacina!
A Dra. Tetyana Obukhanych aborda este e muitos outros fatos sobre a vacina em seu poderoso livro Illusion Vaccine, o qual destrói muitos mitos modernos que cercam a vacinação. Não só as vacinas não conferem imunidade duradoura, mas elas realmente destroem a capacidade imunológica natural do organismo, deixando muitos indivíduos vacinados imuno-debilitados ao longo de suas vidas. [2]
2) As vacinas nunca foram comprovadamente seguras ou eficazes. Cada estudo usado como “prova” de que as vacinas são seguras, erroneamente compara os efeitos colaterais de uma vacina contra a efeitos colaterais de uma outra vacina , anulando-os eficazmente. Nenhum deles compara os resultados de saúde dos vacinados contra os  indivíduos não vacinados, o qual seria o verdadeiro teste de segurança da vacina.
Verdadeiros estudos científicos duplo cego com placebos nunca foram realizados sobre as vacinas para determinar sua segurança“, explica VacTruth.com.
3) A primeira vacina foi um completo fracasso, a qual a indústria tentou encobrir. Poucas pessoas sabem que a primeira vacina já produzida, para a varíola, foi um desastre completo. As consequências de saúde daqueles que receberam inclui sífilis e morte, embora um esforço concertado foi feito na época para encobrir esses resultados e empurrar as vacinas de qualquer maneira, porque elas são altamente rentáveis. [3]
4) As vacinas são altamente lucrativas para as empresas farmacêuticas , as quais não podem ser responsabilizadas por danos. Sejamos francos – as vacinas são uma grande fonte inesgotável de fundos para a indústria farmacêutica. Não estão apenas os fabricantes de vacinas completamente protegidos contra a responsabilidade quando suas vacinas prejudicam ou matam as crianças, mas eles normalmente são “patrocinados” pelas agências governamentais que empurrá-las sobre as famílias e as crianças, usando táticas de intimidação ultrajantes e infundadas. [4]
5) Todas as vacinas contêm aditivos químicos mortais. O pediatra habitual ficaria duramente pressionado para fornecer bulas que esboçam os ingredientes da vacina aos seus clientes antes de forçar as vacinas. Mas os pais precisam saber que todas as vacinas contêm produtos químicos que danificam os neurônios, como o alumínio, mercúrio e formaldeído. Muitas vacinas também estão carregados com glutamato monossódico (GMS), antibióticos e até mesmo organismos geneticamente modificados (transgênicos ou OGMs) . [5]
Leia também: Por que o CDC e a ANVISA Recomendam às Mulheres Grávidas Vacinas contra a Gripe com Mercúrio?
6) As crianças não vacinadas são geralmente mais saudáveis​​. Estudos internacionais que observam os resultados de saúde de crianças não vacinadas compradas com os seus colegas vacinados têm mostrado repetidamente que os não vacinados são geralmente menos afligidos com alergias, autismo, distúrbios de comportamento, disfunção auto-imune e doenças respiratórias.
Leia também: Confirmado: Documentos Secretos Provam que a Vacina Triplice Viral Causa Autismo
Em relação à vacina contra a gripe, por exemplo, um estudo publicado na revista Clinical Infectious Diseases descobriu que os indivíduos vacinados contra a gripe são 550 por cento mais propensos a ter problemas respiratórios . [6]
7) As vacinas causam doenças incuráveis ao longo da vida ​​em algumas crianças. É uma coisa ter inchaço localizado ou sintomas de febre temporários após as vacinas. Mas, se o seu filho é um dos mais infelizes que desenvolve danos permanentes do nervo sob a forma de Guillain-Barré, por exemplo, ele ou ela pode exigir cuidados ao longo da vida e tratamento por danos da vacina. Se você optar por vacinar, você está preparado para ter que potencialmente reorientar a sua vida em caso de autismo ou dano cerebral? [7]
Leia também: Especialistas britânicos admitem que vacina da gripe suína pode causar Síndrome de Guillain-Barre (SGB)
8) As vacinas matam crianças e adultos. Embora as crianças pequenas e bebês estejam mais propensos a sofrer danos permanentes das vacinas, os adultos também estão em risco. Um exemplo prevalente disso é infame vacina Gardasil contra o HPV, que até à data tem prejudicado e matado dezenas de milhares de adolescentes e jovens. [8]
Leia também: Artigo Médico: Avaliação Crítica Sobre a Vacina do HPV
São dadas às crianças americanas  muito mais vacinas em idades mais jovens em comparação com outros países“, explica VacTruth .com , observando que as vacinas também estão ligados a incidentes fatais como a SIDS (síndrome da morte súbita infantil), que o estabelecimento médico atribui à genética ou o abuso de crianças, a fim de proteger a fraude da vacina.
9) As companhias de vacinas não podem ser processadas se você ou o seu filho forem prejudicados pelas vacinas. Se as vacinas realmente são tão seguras quanto os empurradores-de-vacina constantemente afirmam que elas são, então por que foi aprovada a National Childhood Vaccine Injury em 1986, isentando as empresas de vacinas e drogas, bem como profissionais de saúde, de responsabilidade em caso de lesão ou morte ?
Em 2011, a Suprema Corte afirmou que as pessoas lesadas não podem processar as empresas de vacinas por lesão ou morte relacionadas às vacinas [9]. Isso é realmente um risco que você quer o seu filho contraia?
10) A exposição natural à doença é a melhor vacina. Verdade seja dita, a única maneira de desenvolver verdadeiramente uma imunidade arrebatadora ao longo da vida é viver a sua vida, como faria normalmente, mas sem injetar vírus mortos (e em alguns casos vivos) e adjuvantes químicos em seu tecido muscular. A exposição natural a qualquer doenças que estão à espreita no mundo é o único caminho para o corpo desenvolver anticorpos permanentes que estarão para sempre protegendo contra a doença. [10] Comer alimentos orgânicos frescos ricos em nutrientes e um estilo de vida saudável também ajudam a impulsionar o seu sistema imunológico, permitindo-lhe superar e desenvolver resistência a doenças naturalmente.

Referências:
[1] VacTruth: 10 Reasons Not To Vaccinate
[2] Natural News: 0 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus Filhos
[3] International Medical Council on Vaccination: Smallpox Vaccine: Origins of Vaccine Madness
[4] Nation Vaccine Information Center: No Pharma Liability? No Vaccine Mandates.
[5] VaxTruth: Vaccine Ingredients — A Comprehensive Guide
[6] Health Impact Health: Studies Outside the U.S. Show Unvaccinated Children Healthier than Vaccinated Children
[7] National Vaccine Information Center: Vaccination: Defending Your right to Know and Freedom to Choose
[8] Sanevax: New Death Post-Gardasil Updated VAERS Figures & Report that HPV Vaccines Adverse Reactions are 50% Higher than other Age- Related Recommended Vaccines
[9] The Christian Science Monitor: Parents can’t sue drug firms when vaccines cause harm, Supreme Court says
[10] Sites Google: Immunity

Fontes:
Blog Anti Nova Ordem Mundial: A Indústria de Vacinas Corrupta tem os Meios e o Motivo para Encenar um “Surto” de Falsa Bandeira para Forçar as Vacinas
Natural News: The corrupt vaccine industry has the means and motive to stage a massive false flag “outbreak” to demand nationwide vaccine mandates
– Natural News: Measles outbreak traced back to VACCINATED woman who spread the disease
– Natural News: Vaccines as Biological Weapons? Live Avian Flu Virus Placed in Baxter Vaccine Materials Sent to 18 Countries
– OutBreak News: Health Basics: What If You Found Out That Most Vaccines Have Never Been Shown To Actually Work?
– Natural News: Merck vaccine fraud exposed by two Merck virologists; company faked mumps vaccine efficacy results for over a decade, says lawsuit



Nenhum comentário:

Postar um comentário