terça-feira, 10 de maio de 2016

FLUOR O VENENO MAIS LETAL QUE EXISTE - JUIZ MANDA ADICIONAR O VENENO NA ÀGUA EM CUIABÁ


Justia Manda Prefeitura de Cuiab MT Colocar Fluor na agua
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Justia Manda Prefeitura de Cuiab MT Colocar Fluor na aguaApesar da quantidade enorme de evidências científicas da toxidade neurológico do flúor, muitos dentistas ainda continuam sendo doutrinados para exigir a sua presença.
Sindicato dos Dentistas de MT entrou com ação e juiz determinou fluoretação.
Se descumprirem a decisão, CAB e município serão multados em R$ 10 mil.
Por determinação judicial, a CAB Cuiabá, concessionária dos serviços de água e esgoto do município, e a prefeitura da capital devem implantar um sistema de fluoretação de água no prazo de 180 dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. O flúor deve ser acrescentado à água em todas as estações de tratamento instaladas em Cuiabá. A CAB informou que ainda não foi notificada pela Justiça e que, por isso, não irá se pronunciar sobre o assunto. A prefeitura não informou se irá recorrer.
A ação foi proposta pelo Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso (Sinodonto). Conforme o sindicato, a fluoretação serve para prevenir a cárie e controlar o fluxo de flúor necessário para a saúde bucal. A presidente da entidade, Juliane Maciel, informou que essa prática auxilia na proteção contra a doença. “A fluoretação na água é uma vacina contra a cárie, pois ajuda a livrar e prevenir a doença”, contou.
Segundo o Sinodonto, a fluoretação que teve início em 1953 está prevista na Lei Federal 6.050/1974, que dispôs sobre a fluoretação da água em sistemas de abastecimento quando existir estação de tratamento.
Trata-se de uma lei federal que não estava sendo cumprida. Nós pedimos, por meio desse processo, o cumprimento desta lei e agora a CAB terá que o prazo de 180 dias para adequar todas as instalações da cidade“, explicou a presidente do sindicato.
O sindicato informou que desde 2008, quando iniciou a proposta, as autoridades não se manifestaram sobre a instalação do sistema, mesmo com a existência das leis.
O juiz Luís Aparecido Bertolucci Júnior, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular, afirmou, na decisão, que o não cumprimento da proposta contribui para o aumento de doenças.
A ausência da fluoretação adequada da água potável contribui para o aumento do índice de cárie dentária aos usuários desse serviço público, importando em dano de difícil reparação à saúde bucal da população cuiabana, sobretudo no que diz respeito às crianças em fase de formação dentária”, disse o juiz.
Ainda em sua decisão, o magistrado determinou que, no caso de descumprimento da determinação, o município e a CAB podem ser multadas em R$ 10 mil diariamente, de forma individualizada. Caso haja a multa, o valor arrecadado será revertido para o o Fundo Estadual de Defesa do Consumidor.


Leia mais: http://www.noticiasnaturais.com/2016/05/justica-manda-prefeitura-de-cuiaba-mt-colocar-fluor-na-agua/#ixzz48Jx3mIKL

Nenhum comentário:

Postar um comentário