terça-feira, 10 de maio de 2016

ASPARTAME - O DOCE VENENO QUE OS JUDEUS SIONISTAS USAM PARA ENVENENAR O MUNDO


Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

sweet misery
Sweet Misery:  a Poisoned World é uma análise mais atenta que muitos na comunidade médica têm manifestado ao longo das últimas décadas sobre a segurança do aspartame. Existe uma ligação entre o aspartame e as doenças? Será que o governo força a aprovação do adoçante e esconde dados importantes?
Estudos do “New England Journal of Medicine” mostram um enorme aumento nos casos de câncer cerebral, fibromialgia, lupus, depressão, esclerose múltipla, transtornos bipolares e outras desordens neurológicas, etc.. O aumento dramático dos casos coincidem com a introdução de um novo alimento no mercado mundial: O Aspartame. De acordo com especialistas, 10% dos componentes da molécula do aspartame, dependendo da ingestão, se transformam em metanol, extremamente venenoso, a molécula é ainda formada por mais dois componentes nocivos.
De acordo com o neurocirurgião Russell Blaylock, a maioria das pessoas que consomem frequentemente o aspartame terá algum dos 92 sintomas, dentre eles, enxaquecas, mudança de humor, náusea, mudança na visão, perda de memória, insônia, arritmia cardíaca, dificuldades respiratórias, etc.. A produção de serotonina é drasticamente afetada pelo consumo deste produto.
O documentário mostra também que os estudos científicos patrocinados pelas próprias empresas e o FDA escondiam os efeitos devastadores do aspartame.
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
O filme acaba também tocando no caso do glutamato monossódico (realçador de sabor) dizendo que também tem efeitos horríveis no cérebro.
A natureza nos adaptou para os alimentos orgânicos, foram milênios até que isso chegasse ao que somos.O aspartame não é um alimento natural, é químico.


 

 
Leia mais: http://www.noticiasnaturais.com/2013/11/documentario-sweet-misery-a-poisoned-world/#ixzz48JsYAWCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário