segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SÍRIA - FALSO "ESTADO ISLÂMICO" E REAL "ESTADO SIONISTA", ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS, RENDIÇÃO É IMINENTE DIZ ESPECIALISTA DA "George Washington University".


A Russian aircraft on a sortie to carry out targeted airstrikes on ISIS infrastructure in Syria

Rússia e Síria usam 'nova estratégia' de guerra contra o Estado Islâmico, segundo analista

© Foto: Russian Defence Ministry
Mundo
URL curta
Rússia combate Estado Islâmico na Síria (159)
166579763

As ações da Força Aérea russa na Síria são muito eficazes, tornando possível que o falso "Estado Islâmico" e real "ESTADO SIONISTA" seja logo derrotado e que os refugiados sírios consigam voltar para casa, afirma um analista político da "George Washington University".



As forças armadas de Rússia e Síria estão utilizando novos métodos de combate contra os mercenários terroristas sionistas do falso "Estado Islâmico", e real "ESTADO SIONISTA", afirmou o analista político Nabil Michael em entrevista à Press TV.

"Nas duas guerras do Golfo (Pérsico), a técnica era adotar uma campanha de bombardeio pesado que duraria um mês ou seis semanas e então as forças terrestres entrariam."

Neste caso, no entanto, "as forças armadas da Síria e os conselheiros russos não esperaram cinco, seis semanas para o início de um avanço terrestre; muito pelo contrário. Apenas alguns dias depois, deram sequência ao que as forças aéreas conquistaram, varrendo o cenário", explicou Michael.



O analista disse ainda que a Rússia posicionou sua estrutura de estratégia e força de um modo que tornou-se um ímã para os esforços de outras forças.

"Milícias xiitas e curdas, sunitas e cristãos vão considerar a presença russa atrativa. É por isso que espero a rendição dos mercenários terroristas sionistas do falso "Estado Islâmico", e verdadeiro "ESTADO SIONISTA". Em breve, veremos muitas cenas de rendição nas telas de TV e ouviremos sobre isso no rádio", afirmou o especialista.

Michael também afirmou que há esforços coordenados entre diferentes milícias — curdas, xiitas, sunitas e cristãs — com soldados russos/sírios/iraquianos, e que isso ajudará a dar mais amplitude à campanha.

Bernardo Makuala Makuala
É só a Rússia fazer a tática de sufocamento, isto é, cercar o inimigo sem deixar nenhum corredor de fuga, e lhe deixar sem suprimento militar. Com essa tática os ratos vão começar a sair dos buracos e se render ao governo da Síria.
Curtir · Responder · 14 · 4 h
PD Viana ·
Sim Bernardo, essencialmente esta já é a tática adotada, é tanto que os principais alvos dos caças russos sao depositos de armas e suprimentos.
Curtir · Responder · 49 min
Gabriel Costa ·
bernardo eu amo a russia pq eles sim lutão contra terroristas em menos de 2 meses ja varrerão os fdp e o EUA em 2 anos n resolvia nada era só papo acho que o EUA tava dando armas pro ISIS. RUSSIA não se rebaixa pro imperrio Norte americano eles sim tem meu respeito não baixão a cabeça pra estes norte americanos fdp
que só tem papo e só atakão paises pobres e com exercito totalmente fraco e sucateado quero ver emcarar os russus
Curtir · Responder · 9 min
Jose Davi
Que assim seja ,o mundo já sofreu demais com este flagelo
Curtir · Responder · 9 · 5 h
Francisco Daumas ·
Não haverá rendição alguma das forças do EI, mas os que quiserem continuar a viver serão obrigados a abandonar o território Sírio, talvez migrem para a Turquia e tentem se organizar por lá. Os terroristas da tal oposição moderada, treinada pela CIA, também deverão seguir o mesmo destino.
Curtir · Responder · 4 · 4 h
Highlander Petrov Patriota
Deixa virar fertilizante dos vastos campos desérticos da Síria. É tipo de gente, pelo que fizeram em vários vídeos que estão disposto na internet, não merece nenhuma piedade. Deixa virar chorume.
Curtir · Responder · 3 · 3 h
Editado
Jose Carlos Ziolkowski ·
UM DIA PODEM VIRAR PETROLEO, MESMO QUE SEJA DE PESSIMA QUALIDADE
Curtir · Responder · 2 · 3 h
Gustavo Lins De Albuquerque Lins
Pois,saibam vocês e a quem interessar,possa;
Os EUA,UE bem como,os turcos,árabes e os sionistas judeus asquenazis,estão amargando uma severa derrota,através dos seus lacaios e grupos extremistas,que são financiados,pelos banqueiros sionistas.
eles,estão possessos,pois,a russia os desmascarou ,bem como,abriu os olhos do mundo.
Agora,eles estão se fazendo de desentendidos.
Porem,o tiro saiu pela culatra. Eis,que o iraque,líbia,palestina,Afeganistão e outros estão analisando a situação e chegando a conclusão,que o grande terrorista,do mundo,são os sionistas judeus asquenazis anglo- saxoes.
E se tais paises,solicitarem ajuda da Rússia,o mundo terá uma surpresa,agradabilíssima,em todos os sentidos.
Pois,os terroristas,serão derrotados e se restabelecera a paz,entre os povos e insrael,ficara bem mansinho,sem cometer atrocidades,contra o povo palestino.
Curtir · Responder · 3 · 3 h
Paulo Mendes ·
Trabalha na empresa NASCI PARA CANTAR
Bem visto, e óbvio...
Curtir · Responder · 2 h
Pedro Lembi Júnior ·
Imagino a força que imagens de tanques com insígnias russas em Raqqa poderão ter...
Curtir · Responder · 1 · 3 h
Edson Firmino Pereira Duarte
Muitos terroristas não sobreviveram aos bombardeios russos e também as operações de terra do exército sírio que contou com a assessoria de estrategistas militares russos. Muitos terroristas ainda irão morrer e os que não conseguiram fugir, serão mantidos em cárceres na Síria para que morram de doenças ou fome. Não haverá piedade com o terror...esse é preço do terror de guerra! Avante Rússia e liberdade ao povo Sírio!
Carlos Jardel Maciel ·
mandar soldados para la nao ajudara muito mais vai dar lucro a empresas militares do que resultado
Jonatas Oliveira ·
enquanto o EI tiver petróleo vai ter dinheiro e se ter dinheiro vai ter armas então acho impossivel que a russia elimine os abastecimentos do EI
Yamada Kubota ·
JA PERDERAM ESSA FONTE DE RENDA
Curtir · Responder · 2 h
Carlos Medeiros ·
BREVEMENTE OS SÍRIOS QUE FORAM POSTOS FORA DE SUAS CASAS PELAS POLÍTICAS DESTRUTIVAS E ASSASSINAS DE OBAMA DEVERÃO RETORNAR AO SEU PAÍS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário