domingo, 13 de setembro de 2015

LAVROV CONSTATA A FARSA DOS "EUA" NOS ATAQUES AO FALSO "EI" E REAL GRUPO DE MARCENÁRIOS TERRORISTAS DO "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL"


OPINIÃO DE VOLTAIRE:
Lavrov constatou o "óbvio ululante", os EUA não só não atacam, como os abastecem de armas e víveres, jogados de paraquedas, e quando atacam alguém, este alguém são os civís sírios e a infraestrutura das cidades sírias, porque os EUA atacariam o falso ESTADO ISLÂMICO(IMAGINEM, UM ESTADO ISLÂMICO QUE SÓ ATACA ISLÂMICOS)  e verdadeiro grupo de MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL"???!!!...Se estes MERCENÁRIOS TERRORISTAS são comandados por AGENTES DA "CIA" e do "MOSSAD"???!!!...Os bombardeios só servem para envenenar e inutilizar as terras para futuras lavouras, igualmente fizeram no VIETNÃ com o "AGENTE LARANJA" fabricado pela MONSANTO JUDAICO SIONISTA, fabricante também dos alimentos venenosos TRANSGÊNICOS, estão também envenenando o meio ambiente, com bombas químicas de efeito retardado! O resto é história pra boi dormir!

O ministro das Relações exteriroes da Rússia, Sergei Lavrov, durante o encontro com a vice-presidente da Comissão Europeia, Kristalina Georgieva, em 8 de setembro de 2015

Sergei Lavrov: EUA conhecem posições do Estado Islâmico e não as bombardeiam

© Sputnik/ Maksim Blinov
Mundo

Moscou dispõe da informação que os EUA conhecem as posições concretas do agrupamento terrorista Estado Islâmico (EI) mas não as mandam bombardear, disse o chanceler russo Sergei Lavrov.

“Alguns dos nossos colegas da coalizão falam que às vezes têm a informação onde concretamente estão algumas subdivisões do EI, mas o comandante da coalizão (naturalmente, os EUA) não as manda atacar”, declarou Lavrov. 

Em entrevista ao canal russo de TV Pervy, o chanceler comentou a situação na Síria e as relações da Rússia com o Ocidente.
Sergei Lavrov criticou os métodos ocidentais de resolver a crise. Segundo ele, os bombardeios da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o EI seriam mais eficazes se fossem coordenados com as autoridades sírias:


“Se o objetivo é não deixar consolidar os territórios iraniano e sírio como centro do califado imaginado pelo EI, primeiramente, é preciso apoiar os que lutam contra os bandidos em terra – isto é, o exército iraquiano, os curdos iraquianos, o exército sírio e as tropas irregulares dos curdos sírios”, disse o chanceler, adicionando que Moscou apela para coordenar os esforços de todos os que lutam em terra com a operação aérea.

Respondendo à pergunta se o Ocidente está disposto a ouvir as propostas russas para resolver a crise síria, o ministro notou:

“Acho que eles ouvem bem… Talvez receiem perder a face. Muitos políticos no Ocidente orientam-se pelo seu eleitorado, pela forma como esta ou aquela ação será encarada /pelos eleitores/. Estes políticos se colocaram a si próprios em um beco sem saída ao dizer: ‘Bashar Assad não tem lugar na futura Síria, não nos sentaremos com ele à mesma mesa e não queremos ter nada a ver com ele’. Estes políticos cometem um grande erro”, considera o chefe da diplomacia russa.
Além disso, o ministro russo reiterou que a Rússia continuará a fornecer ajuda militar ao governo sírio para “efetuar a reparação do equipamento correspondente, treinar o pessoal sírio a operar este equipamento”.
Quanto ao diálogo da Rússia com o Ocidente, Sergei Lavrov disse que os parceiros ocidentais, influenciados pelos EUA, perdem a cultura do diálogo e assim que não conseguem resolver algum problema, recorrem às sanções. Segundo ele, “o programa nuclear iraniano foi uma exceção notável e muito rara”.
Josmatos Rodrigues ·
Trabalha na empresa Lisboa, Portugal
Eu acho que não é intenção dos Estados unidos de acabar com estado islamico mas sim alimenta-lo para através da destruição conseguir sua dominação do mundo

João Rino ·
O ISLA é uma milicia dos estados unidos ou ainda não percebeste? A hiilary cliton já disse que foram o governo a criara a AL QUEADA, ISTO ESTÁ NUM VIDEO ! O ISLA é a mesma tática porque a Siria é aliada aos Russos e com o petróleo russo os americanos querem lixar mais a rússia! Estão a fazer guerra de desgaste!

Jorge Jose ·
Só os 'bravos parceiros da ue', não sabem que os eua não atacam, assim como apoiam os terroristas. Ou não? Sabem e também são terroristas?!

Carlos Medeiros ·
Os EUA recrutaram, treinaram, armaram e financiaram os psicopatas criminosos, que se trasnformaram em "califado", para ter suas próprias conquistas, seus próprios espólios. O objetivo -- compromisso firmado com os sionistas -- era derrubar Assad para colocar um boneco no poder que permitisse fronteira inimiga com o Irã, o alvo dos EUA/ISRAEL. Síria e Irã eram os próximos países a serem destruídos pelos EUA. O Urso acordou, e impediu a destruição desses países, e por isso está pagando preço alto. Mas sairá vencedor.

Luis Diego ·
Trabalha na empresa Autônomo
OS YANKES TREINAM E PROTEGEM OS TERRORISTAS DO EI;POIS ELES PROPRIOS SAO OS ESTADO ISLAMICO..

Santos Rafphael
Houve três pretextos dos EUA no oriente médio: armas de destruição em massa, armas químicas na Síria e o grupos terroristas do EI.
Curtir · Responder · 2 · 3 h
Jose Carlos Ziolkowski ·
Logico, o interesse dos EU é atacar o governo de Assad. Os terroristas são os parceiros mercenarios dos americanos, armados pelos EU para atacar Assad.

Jorge Garcia Carvalho
Se os EUA tivessem interesse em acabar com EI, bastaria não vender mais armas a eles, não comprar clandestinamente petróleo dessa gente, retirar seus apoios logisticos e pessoal de treinamento de dentro da organização terrorista. O mundo inteiro sabe que o EI foi gerado em Washington, Telaviv e Londres.
Curtir · Responder · 1 · 5 h
Wagner Rubi
O problema ucraniano certamente teria sido um tapete de queda dos EUA contra a Russia

O mundo virou para Ucrânia depoi da invasão mal sucedida da Otan e EUA na Síria. Agora o nome Síria volta a correr o mundo novamente e a Ucrãnia quer aperto de mão com a russia.

http://pt.euronews.com/.../russia-e-ucrania-proximas-de.../
Curtir · Responder · 1 · 2 h
Diogenes Viana
Assim como eles, vou ser chato! Eles repetem as mesmas mentiras e falásias aos quatro cantos do mundo. Porém, repetirei verdades, até que não suportam mais e resolvam enfim morrer, desaparecer. Para o bem de toda a humanidade!
Boa leitura!
"Incrível é que apesar de toda uma maciça lavagem cerebral da grande mídia mundial a favor do nefasto sistema capitalista na qual os seus praticantes e defensores são seus mantenedores e patrocinadores, observa-se que há no mundo milhões de pessoas que conseguem enxergar o óbvio com lucidez e coerência. Contrapondo todo esse fascismo indiscriminado que agi c
...Ver mais
Álvaro Rosário ·
Pura propaganda da FSB de Putin ,quem na realidade luta no terreno contra o ISIS sao os Estados Unidos .Essa é a realidade o resto é treta bafienta ..as armas do ISIS sao todas de fabrico Russo ,sr Lavrov explique isso....

Santos Rafphael
Mais de 50 aviões MiG e Su receberam uma rotação de combate

O escritório do Ministério da Defesa russo imprensa relatou que as tripulações de aviões Su-24M e Su-27 e MiG-31 e Su-25 Okmmelt em mobilidade para um backup de Aeroportos da região militar central.

Relatório Imprensa diz que mais de 50 peças de equipamento de ar participou neste processo, onde jatos Alpha cortar a três mil quilômetros.

E tripulações treinadas durante a implementação da mobilidade para fazer pousos em aeroportos de tarefa desconhecido enquanto eu treinei o pessoal de terra nas aeronaves equipadas refinado para arra
...Ver mais
Curtir · Responder · 1 · 3 h
Cleiton Rodrigues Souza
Os Estados Unidos são os mais interessados para que a guerra na Síria permaneça por muito tempo, até porque, são eles que alimentam essa maldita guerra para poderem venderem armas. São os próprios americanos que armaram o Estado Islâmico quando deram armas para os rebeldes sírios. Eles sabiam que rapidamentes eles tomariam dos rebeldes. A economia dos Estados Unidos sobrevive de guerras.
Ramon Gomess
Serguei Lavrov sempre claro em seu discurso. Como disse acima que os EUA parece perder o poder diplomático só recorrendo ás sanções. Com o Irã é raro mas insignificante.
Carlos José de Oliveira ·
Eu,sou,meio,leigo,em,questões,militares,mas,acredito,que,as,coisas,estão,piorando,e,que,Os,Estados,Unidos,estão,acordando,o,urso,vários,sites,têm,dito,que,especialistas,militares,Russos,estão,na,Síria,e,isto,vem,causando,pânico,em,Israel,e,Turquia,devido,a,rápida,movimentação,do,grande,urso,Como,as,sanções,não,causaram,estragos,como,quis,o,Ocidente,agora,a,Rússia,começou,a,mover,as,peças,do,xadrez,e,como,tal,eles,quando,entram,fazem,regasso,será,que,estamos,a,caminho,da,3,guerra,mundial?

Wagner Rubi
Os EUA e Russia está em tensão com certeza pois a Síria é a chave, região estratégica para os EUA continuar com seu projeto de domínio econõmico e militar no mundo. Já a Russia aliada de Assad não fica de braços cruzados pois está agindo na questão energética de gás natural. A Síria seria uma ponte de gasoduto proveniente dos países do golfo a destinar para países europeus que ficaria independente do gás russo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário