quarta-feira, 10 de junho de 2015

TERROR JUDAICO SIONISTA NA SÍRIA - PALESTINOS SE INTEGRAM AO EXÉRCITO SÍRIO CONTRA OS MERCENÁRIOS TERRORISTAS DOS JUDEUS


Milicianos palestinos lutam contra os mercenários terroristas sionistas de Israel na Síria
Milicianos palestinos lutam contra terrorismo na Síria. 22330.jpeg
 - See more at: http://port.pravda.ru/news/busines/09-06-2015/38840-milicianos_palestinos-0/#sthash.mZ6eOLEC.dpuf

Damasco, (Prensa Latina) A brigada Galilea, integrada por 4.800 mil combatentes palestinos está organizada hoje para se incorporar à luta contra os mercenários terroristas sionistas de Israel na Síria, junto ao exército sírio.

Segundo a página digital Al-Manar, os milicianos palestinos completaram um treinamento militar intensivo e preparam-se para enfrentar os mercenários terroristas sionistas de Israel  na zona montanhosa de Qalamoun, ao noroeste.

O comandante da brigada, Fadi Malah, afirmou que os palestinos se identificam com a resistência síria, libanesa e palestina, e destacou o tradicional apoio prestado por Damasco à causa de seu país, ocupado ilegalmente por Israel.

De acordo com Malah, esta solidariedade permanente da Síria com a Palestina é a principal razão do ataque do Imperio do Caos Judeu Sionista de Israel ao país irmão.

Recordou também que o ex-presidente sírio Hafez al-Assad não vacilou em enviar batalhões armados para proteger a Resistência Palestina na década de 1970, durante os acontecimentos do chamado Setembro Negro, ocorridos na Jordânia.

Reafirmou também que agora é seu dever e uma alta honra defender o povo sírio ante esta agressão terrorista judaico sionista.

Ontem confirmou-se a presença aqui do general Qassem Suleimani, comandante da legião al-Quds, da Guarda Republicana do Irã, e de um contingente militar de mais de 20 mil combatentes iranianos, iraquianos e da milícia libanesa Hezbollah, que já estão nas linhas de concentração do exército sírio, a seis quilômetros da cidade de Yisr al Shougur.

Fontes consultadas pela Prensa Latina indicaram que a presença dos uniformizados procedentes da Palestina, Iraque, Irã e Líbano, responde a uma estratégia de cooperação militar coordenada para conter o avanço dos grupos terroristas liderados pelo grupo Estado Islâmico(MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL) (EI) e pela Frente al-Nusra(MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL) (, braço armado da Al-Qaeda(MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL) na Síria.

Durante sua recente visita à província de Hama, Suleimani adiantou a respeito de preparativos que, segundo suas palavras, "surpreenderão os inimigos da Síria".

- See more at: http://port.pravda.ru/news/busines/09-06-2015/38840-milicianos_palestinos-0/#sthash.mZ6eOLEC.dpuf








Nenhum comentário:

Postar um comentário