quarta-feira, 17 de junho de 2015

RÚSSIA - Kalashnikov já não depende do mercado norte-americano, TEMOS AMÉRICA LATINA, ORIENTE MÉDIO, ÁSIA E ÁFRICA


Kalashnikov já não depende do mercado norte-americano


A metralhadora Kalashnikov foi usada pelos participantes dos exercícios Vostok 2014


Começa amanhã (16) na região de Moscou o fórum-exposição Army 2015, que deverá mostrar algumas novidades no que tange a novos armamentos. O evento conta com a participação da maioria das empresas da indústria bélica russa, bem como de 32 outros países.

Entre as empresas expositoras está o consórcio Kalashnikov, um dos maiores produtores mundiais de armas de fogo.

O seu diretor, Aleksei Krivoruchko, concedeu uma entrevista à agência RIA Novosti sobre os novos armamentos produzidos pelo consórcio.

"Trata-se da nova lancha de desembarque BK-16, equipada com um novo módulo automático de combate comandado à distância e com drones de reconhecimento. Pelas suas características e equipamento, as nossas lanchas estão ao nível dos análogos estrangeiros mas com um preço bastante menor.

Também apresentamos, naturalmente, as nossas mais modernas armas de fogo para uso militar e civil: a última versão AK-12, a carabina AK-15 e a nova pistola de calibre 9x19, desenvolvida juntamente com os instrutores do Centro de Operações Especiais do FSB (Serviço Federal de Segurança) da Rússia".

O novo módulo, com blindagem reforçada, permite memorizar até 10 alvos fixos. O módulo pode ser equipado com quatro tipos de armamento: metralhadoras de calibre 12,7 mm, 7,62 mm e 30 mm; lança-granadas tipo AG-17A, bem como o novo lança-granadas automático de calibre 40 mm.



"[O novo módulo de combate] é apresentado em duas versões. A primeira é destinada à instalação fixa e instalação em veículos, nomeadamente em blindados da família Taifun-K e Taifun-U. 

A segunda destina-se a equipar lanchas de alta velocidade de diversos tipos, em particular a lancha BK-16.
Temos atualmente um contrato com o Ministério da Defesa da Rússia para fornecimento de um kit de modernização para a AK74, que permitirá aumentar a precisão de tiro em qualquer altura do dia e em diversas condições climáticas. Este kit é universal e pode ser instalado em apenas 15-20 minutos em qualquer fuzil Kalashnikov.

Graças aos colegas da Rosoboronexport (empresa russa de exportação de armamentos, N.R), o nosso consórcio conseguiu compensar totalmente as vendas para o mercado americano. Nossos principais clientes estão agora em África, Médio Oriente, Sudeste Asiático e América Latina".


Nenhum comentário:

Postar um comentário