terça-feira, 31 de março de 2015

RICs - RÚSSIA, ÍNDIA E CHINA NO CONTRA PONTO DO "Império do Caos Judaico Sionista de Israel", EM VEZ DE GUERRAS E ASSALTOS - PAZ PROSPERIDADE E COOPERAÇÃO

 
Rússia, Índia, China: Ministros dos Países RIC reunidos em Pequim

"Como países emergentes, Rússia, Índia e China partilham posições similares em inúmeras questões regionais e globais. Cooperação multilateral cada vez mais forte não apenas contribuirá para a paz, a estabilidade e o desenvolvimento regionais, mas, também ajudará a construir ordem internacional mais equilibrada e democrática, num mundo já multipolar." 

Enquanto isso os "histéricos judeus sionistas do Pentágono dão xiliques: "Fuuuuck esses RICs!" (pano de fundo)]

PEQUIM, 2/2/2015 (Xinhua) - Ministros de Relações Exteriores da Rússia, Índia e China ("países RIC") lançaram na 2ª-feira um comunicado conjunto, depois de concluído o seu 13º encontro em Pequim.
3/2/2015, Pequim, CCTV.com
http://english.cntv.cn/2015/02/03/VIDE1422915961278133.shtml
 
No comunicado conjunto enfatizaram que a cooperação entre os países RIC visa sempre a manter a paz e a estabilidade internacionais e regionais e a promover o crescimento econômico e a prosperidade globais, mediante cooperação prática e objetiva.

Para viabilizar essa cooperação, os três países ampliarão o trabalho conjunto em think-tanks, nos negócios, na agricultura, na mitigação e socorro internacionais em emergências, em serviços médicos e em saúde pública. Os ministros também exploraram o potencial para cooperação no campo da produção e transporte de petróleo e gás natural, e em outros campos de energia, alta tecnologia, proteção ambiental e conectividade.

O ministro chinês, Wang Yi falou longamente sobre bases fortes e firmes e sobre a motivação para extensa cooperação.

"China, Rússia e Índia são grandes países, dos maiores do mundo; e somos, todos, economias de mercado emergentes. Todos temos compromisso com política independente para a paz, e com a via do desenvolvimento pacífico. Geramos sempre mais energia positiva para o resto do mundo, e trabalharemos sem descanço para tornar o mundo mais seguro e mais estável. Nossos três países unem-se para cooperação mais próxima, mutuamente benéfica, e para nosso desenvolvimento comum. A união beneficiará diretamente mais de 40% da população do planeta Terra" - disse Wang.

Sergei Lavrov, da Rússia, partilhou a visão de seu contraparte chinês sobre a segurança regional  shared his view on regional security.

Todos os ministros insistiram que estão determinados a construir ordem política e econômica internacional mais justa, mais igualitária e mais estável, seguindo os propósitos e os princípios da Carta da ONU, os Cinco Princípios da Coexistência Pacífica e outras normas básicas da lei internacional.

"Tivemos discussão muito construtiva cobrindo a cooperação em vários mecanismos multilaterais, incluindo o G20 e o grupo BRICS. Quero registrar meu apreço aos meus contrapartes pelo apoio à aspiração da Índia de ser recebida como membro da Organização de Cooperação de Xangai, tão logo se completem os necessários trâmites e procedimentos de lei" - disse Sushma Swaraj.

"Como países emergentes, China, Rússia e Índia partilham posições similares em inúmeras questões regionais e globais. Cooperação multilateral cada vez mais forte não apenas contribuirá para a paz, a estabilidadade e o desenvolvimento regionais, mas, também ajudará a construir ordem internacional mais equilibrada e democrática, num mundo já multipolar." *****







Nenhum comentário:

Postar um comentário