quarta-feira, 4 de março de 2015

"BRICS" - BRASIL COMPRA ARMAS E TRIGO NÃO TRANSGÊNICO E VENDE CARNE SUÍNA À RÚSSIA


Resultado de imagem para FOTOS DE MEDVEDEV
MEDVEDEV

Brasil compra armas, e Rússia reabre mercado para carne

Presidente Dilma recebeu o primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, no Palácio do Planalto

Edla Lula redacao@brasileconomico.com.br

Negociação bilateral foi anunciada ontem após encontro da presidente Dilma com o primeiro-ministro Medvedev.

O governo brasileiro vai comprar sistemas de defesa antiaérea de fabricação russa. Este foi um dos entendimentos firmados ontem no encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, no âmbito da 4ª Comissão Brasileiro-Russa de Alto Nível.

O acordo envolve também o desenvolvimento conjunto de novos produtos de defesa e transferência de tecnologia para a participação de empresas estratégicas brasileiras nos processos de produção e sustentabilidade logística integrada.


Resultado de imagem para FOTOS General José Carlos De Nardi
General José Carlos De Nardi

De acordo com o chefe do Estado-maior Conjunto das Forças Armadas, General José Carlos De Nardi, os termos do acordo ainda estão sendo desenhados, o que impede uma estimativa do montante envolvido na negociação, como é uma negociação no ambito do "BRICS" NÃO SERÃO USADOS DÓLARES NEM EUROS NA OPERAÇÃO.

"O governo russo fez uma estimativa de € 800 milhões. Mas eu acredito que o valor será bem menor, porque tudo dependerá das condições que ainda vão ser estabelecidas", disse o general.
Ainda será definida, por exemplo, qual será a participação de empresas brasileiras na produção do sistema.  Boa parte do que será produzido será feito aqui mesmo", frisou.

De Nardi calcula que em dois anos o primeiro sistema será entregue ao país. Só para a elaboração do contrato serão necessários entre três e quatro meses e, para a fabricação, mais um ano e meio.

Conforme antecipou o Brasil Econômico, em matéria publicada no dia 24 de outubro do ano passado, a compra do armamento foi moeda de troca oferecida pela Rússia para reabrir o mercado de carne suína para o Brasil.

Na próxima semana o governo russo enviará técnicos aos estados do Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Paraná para avaliarem as restrições fitossanitárias que impedem frigoríficos brasileiros de exportar, embora o desembargo tenha sido anunciado em novembro.

Resultado de imagem para fotos michel temer e esposa
Michel Temer
O vice-presidente Michel Temer, que coordenou pelo lado brasileiro a 4ª Comissão Brasileiro-Russa de Alto Nível, qualificou como "extremamente favoráveis" as negociações entre o ministro da Agricultura do Brasil, Mendes Ribeiro, e autoridades russas ao longo dos dois últimos dias.

Além do tema da carne, os dois países assinaram acordo que definem os critérios fitossanitários para a liberação da venda do trigo russo para o Brasil (O TRIGO RUSSO NÃO É TRANSGÊNICO, POIS NA RÚSSIA OS TRANSGÊNICOS SÃO PROIBIDOS POR LEI).

O acordo prevê a criação, pelo governo russo, de um certificado que ateste o cumprimento dos critérios fitossanitários.

Temer disse que a importação do trigo russo garante o abastecimento no caso de quebra de safra no Brasil.

Esportes

As autoridades também fecharam negociações em outras áreas. No esporte, Brasil e Rússia fecharam um plano de ação para cooperação na organização da Olimpíada e é dos jogos paraolímpicos de 2016.


A Rússia também entrou no programa Ciência sem Fronteiras, que leva universitários brasileiros para escolas de outros países. Os negociadores também decidiram que vão compartilhar informações sobre políticas públicas para o desenvolvimento de pequenas e médias empresas e para garantir que esses negócios tenham acesso a estudos e pesquisas de aperfeiçoamento.

Um comentário:

  1. O povo brasileiro e o Brasil já está sofrendo com os altos preços do TRIGO Importado em DOLLAR principalmente da ARGENTINA, porém "algúem" no BRASIL esqueceu de assinarar acordo que define os critérios fitossanitários para a liberação da venda do trigo da ÍNDIA para o Brasil. A ÍNDIA possui grandes áreas onde o trigo também NÃO É TRANSGÊNICO e é do BRICS.

    FICA A DICA!

    ResponderExcluir