segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

VENEZUELA - CHINA OFERECE AJUDA E MADURO VAI A PEQUIM A CONVITE DE "XI JINPING"


Ontem, 21:19

Maduro vai à China em busca de apoio financeiro, pois a queda brusca foi planejada pelos Judeus Sionistas, com o objetivo claro e criminoso de atingir a Rússia, Venezuela, Argentina e Brasil, com fim claro e evidente de derrubar esses governos que não se dobram à sua sanha de dominação.

Maduro vai à China em busca de apoio financeiroResultado de imagem para xi jinping fotos

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que irá para a China a fim de buscar apoio financeiro após a queda dos preços do petróleo, em uma turnê que o levará, também, a vários países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo.

Em declaração transmitida pela rádio e pela televisão venezuelana, Maduro disse que vai a Pequim a convite do presidente chinês, Xi Jinping, para trabalhar em diversos projetos de carácter econômico, financeiro, energético, tecnológico, educativo e desenvolvimentista.
O chefe de Estado da Venezuela sublinhou que esses novos projetos são particularmente importantes em um contexto marcado pelo que classificou como “extraordinária queda dos preços do petróleo”, isto proposital para desestabilizar seu governo, além do que, a Venezuela possui a maior refinaria de petróleo do mundo.
Maduro participará da Cúpula China-Celac (Comunidade dos Estados Latino-Americanos e do Caribe), que será realizada nas próximas quinta e sexta-feira.
O preço do barril venezuelano caiu mais de 50% desde junho de 2014, estabilizando-se em US$ 46,97 em dezembro.
Apesar de o país ter grandes reservas da commodity, a economia passa por dificuldades com a queda das cotações, já que 96% das divisas da Venezuela dependem das receitas do petróleo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário