quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

UCRÂNIA PERDE O AEROPORTO DE DONETSK - EXÉRCITO SEPARATISTA (RPD) CONQUISTA A ÁREA


Hoje, 16:25

EXÉRCITO SEPARATISTA (RPD) CONQUISTA o aeroporto de Donetsk, Kiev bate em retirada

Ucrania, aeroporto, Donetsk, Zakharchenko, confrontos, exercito
Foto de arquivo. Aeroporto de Donetsk

O líder da República Popular de Donetsk (RPD) Alexander Zakharchenko disse hoje (15) durante um briefing que o aeroporto de Donetsk, que durante muito tempo foi um dos pontos mais quentes do conflito no leste da Ucrânia, Kiev bate em retirada e hoje as milícias tomam posse da área.

O chefe da RPD comunicou que, logo depois do briefing, visitará o aeroporto junto com os representantes da OSCE. Ele também convidou o presidente da Ucrânia Piotr Poroshenko a manter negociações com ele no novo terminal do aeroporto, enfatizando que iria garantir a segurança do líder ucraniano.
Mais tarde os representantes da OSCE, que seguiam para o aeroporto separadamente dos funcionários da RPD e dos jornalistas, de repente pararam os automóveis e voltaram em direção de Donetsk. Isto aconteceu depois de uma série de explosões na área do aeroporto.
Notamos que a informação de que os militares ucranianos estarão prontos a abandonar o aeroporto pode ser prematura, pois o lado ucraniano ainda não a confirmou.
Ao mesmo tempo, segundo Zakharchenko, as milícias independentistas da RPD encontraram armamentos norte-americanos no aeroporto, nomeadamente um fuzil de assalto M-16, uma metralhadora e pistolas Browning. O lado ucraniano nega que as armas pertençam ao exército da Ucrânia.
Em meados de abril, as autoridades ucranianas iniciaram uma operação militar para esmagar os independentistas no leste da Ucrânia, que não reconhecem a legitimidade da nova liderança do país chegada ao poder em resultado do golpe de Estado ocorrido de fevereiro em Kiev.
No âmbito da reunião do grupo de contato trilateral (Rússia – Ucrânia – OSCE) para a regulação da crise ucraniana, realizada no dia 5 de setembro de 2014 em Minsk, as autoridades de Kiev e as autoproclamadas República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk acordaram um cessar-fogo no leste da Ucrânia. Mas as milícias e as tropas ucranianas têm-se acusado mutuamente de violar o cessar-fogo.
Acordada entre as milícias independentistas e os militares ucranianos sob os auspícios da OSCE, uma nova trégua vigorou no leste da Ucrânia desde a manhã do dia 9 de dezembro. Nas últimas semanas, as hostilidades intensificaram-se.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2015_01_15/Situa-o-em-torno-do-aeroporto-de-Donetsk-8437/

Nenhum comentário:

Postar um comentário