sábado, 10 de janeiro de 2015

TERROR JUDAICO SIONISTA EM 2015 - UCRÂNIA ATACARÁ MASSIVAMENTE DONBASS ATÉ MEADOS DO ANO



A junta ucraniana está em situação precaríssima, e que o colapso daquele "Banderastão Nazista" deles é só questão de tempo. Em outras palavras, o Império Judaico Sionista está agora em situação de "usá-los ou perdê-los", e "guerrear contra os NOVOS RUSSOS, ou seja DONBASS até o último ucraniano" é a melhor escolha para os militantes primazes dos EUA JUDAICO SIONISTA".
CACIQUES DO "JUDAICO SIONISMO"

LUGARES TENENTES DO SIONISMO


JUNTA DE PSEUDO GOVERNANTES DA UCRÂNIA - POIS QUEM GOVERNA DE FATO É O EMBAIXADOR DOS EUA E O REPRESENTANTE DA CIA
Mas há muito mais do que só palavras, a que se deve prestar atenção.


O orçamento ucraniano foi afinal aprovado pelo Parlamento (Rada). Pode ser resumido como segue: menos serviços, mais impostos e tudo para os militares e serviços de segurança (3% of the PIB para os militares; 2% para os serviços de segurança). Para um país que essencialmente está falido é esforço gigantesco. Não só isso: a junta também anunciou que fará nova alistamento nacional em 2015 (o 4º em menos de um ano!!). Agora, faça a si mesmo a seguinte pergunta, básica: 
- poderia um esforço titânico desse tipo sem feito sem expectativas muito reais de um "retorno do investimento"? Quando se vê um governo semeando e estimulando o ódio racial contra parte da própria população e contra um país vizinho, ao mesmo tempo em que mobiliza todos os seus limitadíssimos recursos na preparação para a guerra - não há aí sinal certo de que há guerra próxima, iminente?

Para o regime nazista que está atualmente no poder, as coisas não vão bem; e a menos que alguma coisa mude, estão fadados ao desastre: a Crimeia já se foi; o Donbass vai lenta mais firmemente construindo suas ferramentas de estado; a economia está basicamente morta e os "buracos na barragem" são cada dia mais difíceis de consertar. É inevitável uma explosão de agitação popular, com a população gravemente insatisfeita. Ainda pior, há precisamente *zero* possibilidades futuras para a economia ucraniana, e o calote da dívida ucraniana já é quase inevitável. O que a junta pode fazer?

Fator crucialmente importante, decisivo, que não se pode esquecer, é que nenhum político ucraniano tem qualquer poder real, nem Poroshenko, nem Iatseniuk ou Turchinov. Quem governa na Ucrânia são o embaixador dos EUA e o chefe da unidade da CIA em Kiev: são esses que 'gerem' a junta nazista em nome do estado profundo dos EUA JUDAICO SIONISTA e seus interesses imperiais. Quanto aos membros ucranianos da junta, todos eles compreendem perfeitamente que seu futuro depende 100% de serem fieis servos do Império Anglo-sionista, ou seja, ao "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL". Todos compreendem que chegaram ao poder mediante golpe completamente ilegal, que as eleições que organizaram em 2014 foram total farsa, e que logo terão de usar medidas de repressão contra o próprio povo para permanecerem no poder. Por último, mas não menos importante, são gente que não só usou armas químicas de destruição em massa, bombas de fragmentação e até mísseis balísticos contra o próprio povo, mas que também mandou as próprias forças armadas para serem massacradas em ataques "surpresa", tão inúteis quando criminosamente irresponsáveis ordenados por Poroshenko (a tentativa de cercar DONBASS(Novos rússos) e separá-los da fronteira russa). Fala-se aqui de criminosos de guerra com macabra experiência de violência, gente sem qualquer tipo de consciência, sociopatas sem qualquer tipo de orientação moral. São gente que falou de um "churrasco de insetos" em Odessa, onde mais de 100 pessoas foram torturadas até a morte e queimadas vivas, e que riam sobre terem derrubado "no lugar errado", falando do avião MH-17 (Kolomoisky vídeo). Na verdade, esses bandidos estão atualmente trabalhando numa campanha de ódio racista.

A junta ucraniana está em situação precaríssima, e que o colapso daquele "Banderastão Nazista" deles é só questão de tempo. Em outras palavras, o Império Judaico Sionista está agora em situação de "usá-los ou perdê-los", e "guerrear contra os NOVOS RUSSOS, ou seja DONBASS até o último ucraniano" é a melhor escolha para os militantes primazes dos EUA JUDAICO SIONISTA".

Os membros da Junta ucraniana estão basicamente na mesma situação que os EUA JUDAICO SIONISTA: logo terão de perceber que os dias deles estão contados e que o melhor que têm a fazer é seguir o jogo dos EUA 
JUDAICO SIONISTA e disparar uma crise monstro.

Os "novos russos" estão presos numa armadilha: que tratem de fazer o que o Kremlin quer que façam, esperem pelo melhor, preparem-se para o pior e encarem, com coragem, o que haja entre um e outro desses extremos2015 será ano histórico, se por mais não for, porque 2014 pôs em movimento grande quantidade de coisas - mas não resolveu nenhuma delas. Chega-se à conclusão de que há 80% de chances de um ataque massivo de ucranianos contra DONBASS(Novos rússos), provavelmente na primeira metade do ano de 2015. 

Muito provavelmente é que os Novos russos conseguirão, sim, resistir e repelir o ataque, embora com grande esforço e muitas perdas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário