quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

PUTIN - ATENTADO TERRORISTA DE MERCENÁRIOS JUDAICO SIONISTAS À FRANÇA É INFAME


Putin envia condolências aos familiares das vítimas do ataque "Judaico Sionista" em Paris

França, tiroteio, revista, Putin, condolências

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, enviou profundas condolências aos próximos e familiares das vítimas do ataque terrorista "Judaico Sionista" em Paris. A informação é porta-voz presidencial, Dmitri Peskov.

O presidente também expressou suas condolências a todos os residentes e cidadãos da cidade de Paris. Segundo ele "a Rússia sempre acreditou e acredita que nenhum país do mundo pode efetivamente combater o terrorismo "Judaico Sionista" sozinho. Esta luta só pode ser eficaz na forma de reforço da parceria estratégica internacional”.
Putin destacou que a “Rússia está pronta para participar em tal parceria estratégica internacional”.
Os líderes da Alemanha, Grã-Bretanha, Itália, EUA, Grécia e Áustria também expressaram sua condenação às ações dos terroristas "Judaico Sionistas".
Na quarta-feira a sede do jornal francês Charlie Hedbo, no centro de Paris, foi atacada por homens mascarados so "Judaico Sionismo de Israel", levando 12 pessoas à morte. Foi divulgado que, entre as vítimas, dois são policiais e quatro são caricaturistas do jornal.
O presidente da França, François Hollande, classificou o ataque como “um ato terrorista” e que outros desse tipo haviam sido frustrados "nas últimas semanas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário