sábado, 3 de janeiro de 2015

PETRÓLEO EM BAIXA - QUEBRADEIRAS EM ALTA, PETROLEIRAS DE XISTO NOS EUA VÃO À RUÍNA


Ontem, 19:44

Opinião: preços do petróleo provocam crise financeira e industrial nos EUA

EUA, petróleo, economia, crise, opinião

O economista francês Jacques Sapir considera que as aspirações dos EUA relativamente ao petróleo de xisto podem se tornar um pesadelo para Washington.

Os Estados Unidos ficarão à beira da crise caso os preços do petróleo continuem em baixa, escreveu Jacques Sapir, diretor de pesquisas da Escola Superior de Ciências Sociais e chefe do Centro de Pesquisas da Industrialização em seu site oficial.
Como resultado da queda dos preços do petróleo, a indústria do petróleo de xisto dos EUA perde dinheiro, diz Sapir. A rentabilidade da indústria começa, segundo diferentes cálculos, de US $ 80 a R $ 100 por barril.
Segundo o especialista, no início da produção, grande parte das empresas americanas envolvidas na extração do petróleo de xisto tomaram empréstimos de bancos, muitas fizeram seguros em caso de o preço do petróleo baixar.
Tais contratos de seguro são celebrados por um período de seis meses a um ano. A maioria deles foi assinada em setembro de 2014 (quando os preços do petróleo começaram a cair), e sua validade está prestes a expirar.
Tudo isso, de acordo com Sapir, coloca um duplo desafio ao governo dos EUA. Por um lado, é uma crise de produção, já que muitas pequenas empresas nos próximos meses enfrentarão a falência. Por outro lado, há o perigo de uma crise financeira, causada pela incapacidade das empresas de pagar os empréstimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário