segunda-feira, 28 de julho de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA DIPLOMÁTICO NAUFRAGA NA FRANÇA - RUSSIA RECEBERÁ "MISTRAL"


Alexander Artamonov
26 Julho, 14:29

Franceses insistem na continuação do fornecimento dos Mistral à Rússia

Russia, França, cooperação, Mistral
Foto de arquivo

O sucesso da construção naval francesa, os famosos navios de guerra que são os porta-helicópteros Mistral, foram o verdadeiro ponto da discórdia nas relações entre a França e os EUA e, pelo contrário, uma base para o entendimento com a Rússia.

Os EUA e a Alemanha tentam por todos os meios obter o cancelamento do contrato francês, enquanto a Comissão Europeia, por sua vez, está indignada com a teimosia da França, a qual simplesmente defende seus interesses econômicos e políticos.

Jean-Claude Blanchard, membro do conselho municipal de Saint-Nazaire, onde decorre a construção dos Mistral, explicou à Voz da Rússia o que pensam os habitantes da cidade sobre o fornecimento dos porta-helicópter os à Rússia:

Jean-Claude Blanchard : Na nossa cidade estão sendo construídos os porta-helicópteros Mistral encomendados pela Rússia. No passado eu próprio trabalhei como soldador nos estaleiros navais locais. Para nós é completamente evidente que o fornecimento dos Mistral à Rússia tem de acontecer. Pois se trata de um contrato no valor de mais de um bilhão de euros.

Nós não estamos em guerra com a Rússia. Para nós ela é um país amigo! Por isso os contratos devem ser cumpridos e levados até ao fim. O fato dos Cameron e Kerry deste mundo pressionarem a França numa tentativa para denunciar o contrato é completamente inaceitável! A França é um país soberano. Nós não somos obrigados a nos submetermos à pressão norte-americana sobre a União Europeia.

Quando Obama e Kerry falam das circunstâncias da queda do Boeing da Malaysia Airlines, quando Kerry fala de provas contra a Rússia, eu me pergunto: são provas iguais aquelas que em 2003 serviram de pretexto à invasão do Iraque? Infelizmente esse tipo de manipulações para eles são normais.

Aqui em Saint-Nazaire nós recebemos com prazer os 400 marinheiros russos. Nós dizemos-lhes: “Bem-vindos!” E nós insistimos para que a prefeitura receba oficialmente uma delegação deles num espírito de cortesia e de amor entre os povos.

Além disso, eu fui testemunha impotente do aparecimento na nossa cidade de cerca de 200 apoiantes do Maidan e provocadores. Eles vieram para aqui para protestar contra o fornecimento dos navios à Rússia. Que não se metam onde não são chamados! Eles não obtiveram qualquer apoio da nossa população, a qual estava contente com a chegada dos marinheiros russos.
Voz da Rússia: Você conhece bem este meio, trabalhou nos estaleiros navais. Estarão assim todos solidários com a sua posição ou haverá, mesmo assim, pessoas que gostariam que o contrato fosse denunciado?

Jean-Claude Blanchard: Só muito poucos gostariam que o negócio fosse anulado! Alguns partidos políticos, como os Verdes, organizam manifestações e se pronunciam contra o fornecimento dos Mistral … Mas aqui em Saint-Nazaire? A esmagadora maioria das pessoas locais apoiam o contrato. Eu repito, a Rússia é um país amigo! Os empresários estão contentes com a chegada dos vossos marinheiros à nossa terra. Há muito poucos adversários desse fornecimento.

Voz da Rússia: A entrega do primeiro Mistral está programada para o outono. Será que se seguirá o segundo, como estava previsto inicialmente?

Jean-Claude Blanchard: Nós não temos quaisquer razões objetivas para recusar o fornecimento! O trabalho deve continuar. As condições contratuais devem ser cumpridas! Não há quaisquer fundamentos para um incumprimento do contrato.

Voz da Rússia: Sabe alguma coisa sobre a construção de mais dois navios da mesma classe que deveria ser realizada na Rússia com apoio francês?

Jean-Claude Blanchard: Nós ouvimos qualquer coisa por alto. Isso significaria um desenvolvimento das relações bilaterais entre a França e a Rússia. Para nós isso seria simplesmente maravilhoso!

TERROR JUDAICO SIONISTA DE ISRAEL - MASSACRE, AUMENTAM ATAQUES À POPULAÇÃO CIVIL


26 Julho, 14:46

Número de vítimas de combates entre Israel e Palestina ultrapassa 900

Israel, Palestina, vitimas, Gaza
Foto de arquivo

Pelo menos 35 corpos foram retirados este sábado dos escombros na Faixa de Gaza após uma trégua humanitária, o número total de vítimas de confrontos entre o exército israelense e os grupos palestinos ultrapassou 900 pessoas, relata a AFP, citando dados de médicos.

De acordo com os serviços de emergência, os corpos foram encontrados nas primeiras três horas de trégua. 13 corpos foram encontrados na periferia leste da capital de Gaza, nove no norte de Gaza e mais 13 na cidade de Deir el-Balah e no campo de refugiados em Nuseirath.

RUSSIA - Austrália não planeja impor sanções contra a Rússia


26 Julho, 15:29

Abbott: Austrália não planeja impor novas sanções contra a Rússia

Russia, Australia, sanções, UE
Foto de arquivo

O primeiro-ministr o australiano, Tony Abbott, declarou que Camberra não planeja impor novas sanções contra a Rússia após a União Europeia, afirma o site do chefe do governo do país.

"Sabem, o que a UE está fazendo é o problema da própria UE. Nós simplesmente não temos planos para endurecer as sanções", disse Abbott em uma coletiva de imprensa no parlamento do país, respondendo à questão se a decisão da UE de endurecer as sanções contra a Rússia é oportuna.
Ele explicou que, na sua opinião, deve-se separar as questões geopolíticas na Europa Oriental, que forçam os países da região a tomar decisões mais duras em relação às sanções contra a Rússia, e as questões que são uma prioridade para o governo australiano. Entre elas, segundo o primeiro-ministro australiano, há uma tarefa de voltar para a Austrália os restos de cidadãos que morreram na queda de um avião de passageiros da Malaysia Airlines.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_07_26/Abbott-Austr-lia-n-o-planeja-impor-novas-san-es-contra-a-R-ssia-7123/

TERROR JUDAICO SIONISTA DERRUBOU AVIÃO MALAIO - RÚSSIA INVESTIGA

Da mesma forma que derrubaram outro avião malaio no Índico, os aviões fabricados pelos JUDEUS SIONISTAS, como é o caso, JÁ SAEM DE FÁBRICA COM DISPOSITIVO DE PANE POR CONTROLE REMOTO, os "acidentes" são provocados onde é conveniente!...

Rússia seleciona peritos para investigação da catástrofe do Boeing malaio

Rússia, boeing, peritos

O Ministério russo dos Transportes formou um grupo de técnicos que irá participar da investigação da catástrofe do Boeing 777 na Região de Donetsk da Ucrânia. O grupo será chefiado por Oleg Storchevoi, vice-diretor da Agência Federal de Aviação, comunica hoje, dia 27 de julho, o serviço de imprensa do citado ministério.

Recorde-se que o avião Boeing 777 da Malaysia Airlines, que voava de Amsterdã para Kuala Lumpur, sofreu uma catástrofe no passado dia 17 de julho no leste da Ucrânia. O avião levava a bordo 298 pessoas, sendo 85 delas crianças e 15 tripulantes. Todos morreram. As autoridades de Kiev acusaram as milícias antigovernamentais de o terem abatido, mas estas declararam não disporem de armamento capaz de atingir semelhante altitude.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_07_27/Russia-seleciona-peritos-para-investigacao-da-catastrofe-do-Boeing-malasio-8870/

TERROR JUDAICO SIONISTA NA UCRÂNIA - Deserções em massa do exército ucraniano


Ontem, 12:26

CyberBerkut: deserções em massa do exército ucraniano

Ucrânia, soldados, deserções

O site CyberBerkut comunica um ataque à caixa de correio eletrônico de um coronel ucraniano. Segundo documentos nele publicados, o exército ucraniano está a braços com deserções em massa de soldados.

“A correspondência confirma os casos de recusa em massa de ucranianos em atirar contra seus compatriotas. Agora podem ver dados reais sobre centenas de casos diários de deserção. <…> O moral dos “defensores” da Ucrânia é tão baixo que pelotões e companhias inteiras largam suas armas e fogem de seus quartéis mesmo sob a ameaça de serem executados”, diz o site.
A título de prova, o CyberBerkut publicou vários documentos da correspondência do coronel.



# Camilo RibeirinhaCamilo Ribeirinha Ontem, 15:58
Eu se lá estivesse metido, quer no exército quer nos terroristas, também fugia. Se pudesse. Lutaria pela integridade da Ukrânia por meios pacíficos porque um exército de pé-descalço, como é o exército ukraniano, só pode ir até onde Putin e o jogo mundial de xadrez permitirem. Eu também fugiria disso apesar de estar do lado de Kiev contra a agressão russa.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_07_27/CyberBerkut-desercoes-em-massa-do-exercito-ucraniano-9343/

TERROR JUDAICO SIONISTA EM GAZA - RECOMEÇA ATAQUE A CIVIS DESARMADOS


Ontem, 12:44

Israel recomeça operação militar na Faixa de Gaza

Israel, Faixa de Gaza, bombardeio

O Exército Sionista de Israel anunciou hoje, dia 27 de julho, o recomeço da operação militar na Faixa de Gaza em face da continuação dos disparos de foguetes contra seu território.

“Em face dos lançamentos sistemáticos de foguetes efetuados pelo movimento Hamas durante a trégua humanitária, o exército recomeçará imediatamente a operação na Faixa de Gaza. A operação será conduzida no mar, em terra e no ar”, comunica o comando militar israelense.
Inicialmente se previa que a “pausa humanitária” se prolongasse até final do domingo. Porém, o Hamas informou que suspenderia as operações militares desde que as tropas israelenses abandonassem os territórios palestinos ocupados. Assim, hoje, dia 27 de julho, vários foguetes foram disparados contra o território de Israel.
  • # gilsongilson Ontem, 15:55
    Porisso nao haverá paz enquanto o Hamas existir. O povo de Gaza e Cisjordania querem paz já, Hamas e Hisbullah nao. O Hamas está assinando o próprio atestado de óbito forcando Israel à ir mais fundo na faixa de Gaza. O Hamas atira de dentro de prédios que sao entao bombardeados com mortes de civis e de terroristas. Agora, voces ai simpatizantes do Hamas... o que voces comentam à respeito do Hamas dar tiros de dentro de Hospitais?

TERROR JUDAICO SIONISTA NA UCRÂNIA - BOMBARDEIOS CONTRA CIVÍS AUMENTA VÍTIMAS


Em Lugansk sobe número de vítimas dos bombardeios

Ucrânia, Lugansk, bombordeio

Hoje, dia 27 de julho, em Lugansk (leste da Ucrânia), foi lançado um alerta aéreo em face da ameaça de um novo ataque de aviões ou bombardeio de artilharia, soube a RIA Novosti junto da polícia local.

“Estamos esperando um bombardeio de artilharia ou um ataque aéreo. Há cerca de 20 minutos foi lançado um alerta aéreo”, disse a fonte à agência.
Em 25 e 26 de julho Lugansk foi bombardeado, nomeadamente por morteiros. Segundo o primeiro comunicado, no dia 25 os disparos deixaram 15 mortos e 60 feridos. Mais tarde, o serviço de imprensa da autoproclamada República Popular de Lugansk corrigiu o número de mortos para 19. O porta-voz da polícia regional informou hoje à RIA Novosti que o número efetivo de mortos pode ser ainda mais elevado.

ESPIONAGEM - ALEMANHA VAI FAZER CONTRA-ESPIONAGEM AO OCIDENTE


Ontem, 17:50

Alemanha procederá à contra-espionagem em relação ao Reino Unido e EUA

EUA, Alemanha, espionagem, política, internacional

Diante de eventuais atividades de espionagem, o governo da Alemanha instruiu o Serviço Federal de Inteligência para efetuar a contra-espionagem em relação ao Reino Unido e aos EUA, segundo noticia a alemã Deutsche Welle.

Medidas específicas ainda não foram tomadas na fase atual. De acordo com estimativas de especialistas, uma contra-espionagem em grande escala só será possível com o envolvimento de um grande número de novos funcionários e um aumento significativo no orçamento dos serviços secretos.
Até o presente momento, a inteligência alemã tem centrado a sua atenção, conforme a Deutsche Welle, na Rússia, China e Irã. A partir de agora, depois da decisão do governo federal, a Alemanha vai "voltar a cabeça" vigiando também o Ocidente.
Em julho, dois escândalos de espionagem envolvendo a inteligência norte-americana eclodiram quase simultaneamente na Alemanha.
EUA, Alemanha, espionagem, política, Inteligência, Es
Leia mais:
http://portuguese.ruvr.ru/2014_07_27/Alemanha-proceder-contra-espionagem-em-rela-o-ao-Reino-Unido-e-os-EUA-7245/

sábado, 12 de julho de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA NA PALESTINA - VÍDEO DENÚNCIA NO PERÚ

s.



Lobby israelense no Peru, manipulação da mídia: César Hildebrant 
RESISTÊNCIA GLOBAL

César Hildebrandt é um renomado jornalista político peruano.

É considerado um dos jornalistas mais influentes de seu país.

Nos anos de 'Fujimori' foi um dos grandes lutadores contra a ditadura. Nesse período ele fundou, junto com outros jornalistas, o jornal "Libertação".

Na televisão foi repetidamente criticada por ser um crítico frequente de sucessivos governos e dos interesses privados, mostrando-se completamente imparcial ao fazer julgamentos e opiniões.

É um dos jornalistas mais experientes, com reconhecimento e credibilidade no Peru. 
Seu trabalho é conhecido por ser um acérrimo defensor da democracia e da justiça.

César Hildebrandt:

The Free Press proprietário e Venenos Mundial de Cegos leva à sua destruição.

Manuseio deformando da informação real para o benefício dos interesses de grupos privilegiados, tem um impacto negativo sobre política, economia, sociedade, conhecimento e ao meio ambiente, com consequências imprevisíveis.

Os acontecimentos históricos, processos sociais, guerras, revoluções, catástrofes humanitárias e ambientais, a morte, o curso da própria vida e, em geral, qualquer evento que possa gerar conhecimento para soluções reais, são tratados no mesma "saco" como "notícias" sujeitos a censura desta indústria infame.

O foco desta indústria informativa denominada "imprensa livre" pertence ao JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL, com o seu negócio e sua maior fonte de receita é a censura e a mentira, eles compram, produzem e vendem mentiras.

A imprensa "livre" marginaliza o próprio conhecimento da humanidade e dos fatos que acontecem no mundo reclamando, a censura dos pobres, desastres obscuros que causam os ricos e poderosos com sua ambição e, em troca caluniam os ativistas sociais, socialistas, ambientalistas, os revolucionários e os manifestantes.

A imprensa "livre" é 
cúmplice dos crimes contra a humanidade, e para se esconder e disfarçar como "excesso" e "maus tratos" da tortura e genocídio praticado pelos JUDEUS SIONISTAS diáriamente (Estados Unidos, Inglaterra, Israel ...). 

Os proprietários "livre" imprensa, são incapazes de esconder a realidade monstruosa do problema árabe - Israel, para seu tamanho, justificado sob todos os pontos de vista dos abusos e crimes contra a humanidade cometidos durante décadas o Estado de Israel contra o povo palestino. Total para os povos árabes que eles são apenas "bárbaros".

A imprensa "livre" esconde o genocídio perpetrado diariamente que as forças invasoras no Iraque praticam contra a população de mulheres, crianças e velhos desarmados, morrendo de fome, aterrorizados, e choram para os seus mortos.