sábado, 27 de dezembro de 2014

BOEING MALAIO - HOLANDA TENTA ACOBERTAR A VERDADE, MAS PILOTO UCRANIANO CONFESSA TER ABATIDO O AVIÃO




Site alemão publica informações sobre a queda do Boeing 777 no Leste da Ucrânia

O site alemão “Wahrheit fuer Deutschland” publicou um artigo em que o piloto do caça ucraniano Su-25 dá detalhes da queda do Boeing malaio na região de Donetsk, no Sudeste da Ucrânia, em 17 de julho.

O governo da Ucrânia alega constantemente que o Boeing 777 foi atingido por um caça russo ou pelas forças separatistas do leste do país, que supostamente obedeceriam a Moscou. A publicação alemã, no entanto, mostra novas evidências sobre a tragédia, que revelam outro lado da versão. No artigo, um piloto ucraniano confessou que abateu o avião malaio.

Ele informa que o avião que pilotava foi registrado nas imagens feitas por satélites e apresentadas numa entrevista coletiva com o Estado-Maior Geral da Rússia.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines que fazia o voo MH17 de Amsterdã para Kuala Lumpur caiu no dia 17 de julho no Leste da Ucrânia, matando todas as 298 pessoas a bordo. A Holanda publicou um relatório preliminar sobre a investigação, no qual o desastre é atribuído simplesmente a "danos estruturais da aeronave causados por uma ação exterior".

Diário da Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário