domingo, 30 de novembro de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA NA UCRÂNIA - KIEV PRATICA TORTURA CONTRA HABITANTES DO LESTE


28 Novembro, 20:59

ONU encontra violações de Convenção contra Tortura na Ucrânia

Ucrania, ONU, tortura
Foot de arquivo. Troca de prisoneiros no leste da Ucrânia

Governo central em Kiev faz vista grossa a casos de tortura, sequestro e maus tratos de pessoas, deixando-os totalmente impunes, afirma o relatório do Comitê das Nações Unidas contra a Tortura.

Segundo os autores do relatório, as investigações sobre o uso de força excessiva são muito raras, lentas e incompletas.

O Comitê exorta a Ucrânia que não recorra, sob quaisquer que sejam as circunstâncias, à tortura, e demanda investigar casos similares de forma rápida, imparcial e exaustiva, levando os responsáveis à juízo.

Em meados de abril as autoridades de Kiev comecaram uma operação militar no leste da Ucrânia dirigida contra a população da região, descontente com o golpe de Estado ocorrido em fevereiro. 

No âmbito da reunião do grupo de contato trilateral (Rússia – Ucrânia – OSCE) para a regulação da crise ucraniana, realizada no dia 5 de setembro de 2014 em Minsk, as autoridades de Kiev e as autoproclamadas República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk chegaram a uma série de acordos, nomeadamente quanto ao cessar-fogo no leste da Ucrânia e a troca de prisioneiros. 

As milícias e as tropas ucranianas se acusam mutuamente de violar o cessar-fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário