domingo, 2 de novembro de 2014

ROLLEMBERG - BALCÃO DE NEGÓCIOS NO SENADO, SEGUNDO "GAMBIARRA" ELE TENTOU TOMAR-LHE A SUPLÊNCIA E VENDE-LA A UM EMPRESÁRIO


BALCÃO DE NEGÓCIOS NO SENADO
Substituto de Rollemberg no Senado, HÉLIO "GAMBIARRA" teve apenas 6 votos para Distrital, hoje é SENADOR, já foi investigado por pedofilia e a vítima foi a própria sobrinha de apenas 12 anos, a denuncia foi feita pelos pais da garota, que procuram Rollemberg e no plenário do senado foi pedida a apuração.

O que levaria os pais de uma garota de 12 anos, sendo que um deles é irmão(ã) do acusado de ESTUPRO E PEDOFILIA, um crime HEDIONDO, se não fosse verdade?

Denúncia esta estampada em vários veículos de comunicação, ex: 

http://donnysilva.com.br/helio-gambiarra-e-acusado-de-abuso-sexual/

O primeiro suplente da chapa do candidato ao Senado Rodrigo Rollemberg (PSB), Hélio José (PT) , conhecido como "Hélio Gambiarra", é acusado de abuso sexual contra a própria sobrinha de 12 anos.
O próprio Rodrigo Rollemberg conversou com os pais da garota, e decidiu protocolar a denúncia à direção do PT, que afirmou que Hélio Gambiarra será afastado do partido. 

"O "PT" AGIU IMEDIATAMENTE, EXPULSANDO "GAMBIARRA" DE SUAS FILEIRAS", NÃO SERIA O CASO DO SENADO INVESTIGAR E TAMBÉM EXCLUIR ESTE ELEMENTO DA VIDA PÚBLICA?...POIS, ALÉM DA ACUSAÇÃO DE ESTUPRO E PEDOFILIA, ELE QUEBROU O "DECÔRO PARLAMENTAR", AO MENTIR - ACUSANDO  ADVERSÁRIOS POLÍTICOS (PETISTAS) DA DENÚNCIA (EM ENTREVESTA AO R7), SENDO QUE A ACUSAÇÃO PARTIU DE SUA PRÓPRIA FAMÍLIA, IRMÃO OU IRMÃ  E DE SEU COMPANHEIRO DE CHAPA, OU,SEJA, - ROLLEMBERG" 

Segundo GAMBIARRA, Rollemberg o denunciou com segundas intenções - vender a suplência a um industrial milionário do ramo químico, dando a entender que, Rollemberg não é flôr que se cheire, uma negociata deste naipe transforma o SENADO num "BALCÃO DE NEGÓCIOS". 

Hélio José da Silva Lima, conhecido como Hélio José, suplente do senador Rodrigo Rollemberg (PSB)

Hélio José da Silva Lima, conhecido como "Hélio Gambiarra", suplente do senador Rodrigo Rollemberg (PSB) (Reprodução)

Eleito governador do Distrito Federal na metade do mandato, Rodrigo Rollemberg (PSB) deixará sua cadeira no Senado para o suplente Hélio José da Silva Lima (PSD) , o Hélio “GAMBIARRA”, ex-aliado que se tornou desafeto do socialista. 

Hélio “Gambiarra”, que por sua vez se candidatou para a Assembleia Legislativa neste ano. Resultado: nas urnas, recebeu apenas seis votos. Ex-dirigente do PT e sindicalista, o novo senador do DF tem um currículo repleto de confusões: é acusado (PELOS PAIS DA GAROTA SEVICIADA, ONDE UM DELES É SEU IRMÃO(Ã)) de abusar sexualmente de uma sobrinha de apenas 12 anos – a denúncia foi feita pelo próprio Rollemberg da tribuna do Senado e levou à EXPULSÃO de GAMBIARRA do PT – e chegou a ameaçar direcionar dossiês envolvendo a ministra Miriam Belchior com personagens ligados a Carlinhos Cachoeira. O sindicalista nega as acusações e diz que Rollemberg as fez porque estava negociando a sua vaga. (Marcela Mattos, de Brasília) , conhecido como Hélio Gambiarra, suplente do senador Rodrigo Rollemberg (PSB) (Reprodução)


Suplente de Rollemberg nega acusação de pedofilia e promete defender a família no Senado. Como vai defender a família dos outros, ou será como defendeu a própria família?



Hélio "Gambiarra" assumirá a vaga deixada por Rodrigo Rollemberg no Senado Federal Myrcia Hessen, do R7

Com Rodrigo Rollemberg (PSB) eleito governador do Distrito Federal, Hélio José da Silva Lima (PSD) se tornará senador a partir do dia 1º de janeiro. Agora filiado ao PSD, Hélio Gambiarra é sindicalista e ex-dirigente do PT (Partido dos Trabalhadores). Em 2010, foi acusado de abusar sexualmente de uma sobrinha e, na época, Rodrigo Rollemberg chegou a pedir que os fatos fossem apurados. Quatro anos depois, o político continuou na suplência.

Em entrevista ao R7 DF, Hélio Gambiarra, garantiu que o crime “nunca aconteceu” e que se trata de uma denúncia vazia de seus adversários políticos( MENTIRA, QUEM O DENUNCIOU FOI SEU PRÓPRIO IRMÃO(Ã) E O COMPANHEIRO DE CHAPA, NÃO FOI NENHUM ADVERSÁRIO PETISTA). 
— Isso não passou de uma trapalhada de alguns setores ligados ao PT que, na época, queriam passar minha vaga de primeiro suplente de senador para um milionário do ramo neoquímico(MENTIRA A SUPLÊNCIA PERTENCIA AO PSB DE ROLLEMBERG E NÃO AO PT, E NA PRIMEIRA ENTREVISTA ACUSOU ROLLEMBERG). 

O Ministério Público e o Tribunal de Justiça do DF já arquivaram o caso.

Leia mais notícias no R7 

O assunto foi tema central de vários debates entre os candidatos ao governo do DF. Em diversos momentos, Rollemberg foi posto contra a parede por seu concorrente nas eleições, Jofran Frejat (PR), e questionado se permitiria que Gambiarra assumisse sua vaga no Congresso Nacional. 

Agora, Gambiarra promete processar o ex-candidato por calúnia.

— Eu estou hoje com sete processos contra o Frejat por denunciação caluniosa, crime previsto na Constituição Federal e pode dar de três a sete anos de cadeia(A DENÚNCIA DE GAMBIARRA CAIRÁ NO DESCRÉDITO, POIS O FATO DO "ESTUPRO DA PRÓPRIA SOBRINHA" É DE DOMÍNIO PÚBLICO, E QUEM PRIMEIRO DENUNCIOU, FOI ROLLEMBERG, FREJAT APENAS COMENTOU A DENÚNCIA).

Como senador da República, Hélio Gambiarra promete defender os valores da família (Como vai defender a família dos outros, ou será como defendeu a própria família?) e diz que seu primeiro projeto vai ser para pedir a transformação da pedofilia em crime hediondo e uma punição mais firme para os que são acusados desse crime injustamente.

O futuro senador diz que não guarda mágoas de Rodrigo Rollemberg, que solicitou apuração das denúncias de pedofilia feitas contra ele. 

Para Hélio, qualquer cidadão no lugar de Rollemberg faria a mesma coisa.

— Quando o senador soube que o processo foi devidamente arquivado, nós não tivemos mais nenhum problema. Eu e Rollemberg temos uma relação respeitosa e espero que meu partido contribua para que ele faça o melhor governo possível.

"Gambiarra" se candidatou para a Câmara Legislativa do DF neste ano, mas abandonou as eleições sem fazer campanha e acabou recebendo apenas seis votos. Segundo ele, isso aconteceu porque seu partido resolveu se coligar ao PSB do senador Rodrigo Rollemberg e sua candidatura acabou ficando em segundo plano.( UMA GRANDE MENTIRA, ELE FEZ CAMPANHA SIM, É QUE O POVO JAMAIS VOTARÁ EM PRESUMIDO E DENUNCIADO ESTUPRADOR E PEDÓFILO, AINDA MAIS CONTRA A PRÓPRIA SOBRINHA)

— A gente passou a fazer uma atuação muito maior em prol da eleição do senador Rollemberg e do vice-governador Renato Santana do que da minha própria candidatura, que ficou em segundo plano. Eu tive que fazer uma escolha, mas não abandonei minha candidatura( AQUI ELE COMFIRMA QUE FEZ CAMPANHA), só me dediquei muito mais a candidatura de nosso governador.

O secretário de comunicação do PT, Sandoval de Jesus, foi procurado para comentar o caso mas não retornou às ligações do R7 DF até a publicação desta matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário