sexta-feira, 31 de outubro de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA NO BRASIL - ALÉM DE SABOTAR O "BRICS", QUEREM FAZER AQUI O QUE FAZEM NA ARGENTINA E VENEZUELA


Califado Judaico Sionista dos EUA E ISRAEL  - versus - BRICS, via Brasil

12.09.2014
BRASÍLIA - BRASIL 
MOSCOU - RÚSSIA
PEQUIM - CHINA

Johannesburgo - ÁFRICA DO SUL

Califato anglo-sionista-EUA versus os BRICS. 20851.jpeg
COM O "BRICS", O BRASIL TEM 60% DO MUNDO EM SEUS BRAÇOS 
DURBAN - SÉDE DO "BANK BRICS"
"Dividir para dominar é precisamente o que o califado ocidental, ou seja, o "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL" pretende fazer com os "BRICS". A começar pelo Brasil, Washington está empenhada em campanha para caluniar e difamar a presidenta do Brasil "Dilma Rousseff" e prejudicar a economia do Brasil, jogando a culpa à administração do governo brasileiro, que quase nada pode fazer, devido aos invisíveis "CAVALOS DE TROIA SIONISTAS", infiltrados na economia do país, com o intuito de sabotar os esforços de Dilma para sanear este setor. ("CAVALO DE TRÓIA QUER DIZER: ALGUÉM PLANTADO EM LOCAL ESTRATÉGICO, PARA SIMPLESMENTE AJUDAR O LADO CONTRÁRIO")
9/9/2014, Peter Koenig,The Vineyard of the Saker
Resumo da história, o Brasil é impressionante história de sucesso. Mas os patrões da imprensa-empresa "JUDAICO SIONISTA DE ISRAEL"(GLOBO-VEJA-ISTOÉ-SBT- EPOCA - FOLHA DE SÃO PAULO - E ETC...) de propaganda deram jeito de apresentar índices declinantes de popularidade para a presidenta Rousseff (CORROPENDO OS INSTITUTOS DE PESQUISAS A PESO DE OURO)- a tal ponto que, hoje, até a sua reeleição nas eleições marcadas para outubro, parece ameaçada. Ver-se livre da presidenta Rousseff é exatamente o que o Califado Judaico Sionista de Washington mais deseja!", pois, os outros candidatos (MARINA SILVA E AÉCIO NEVES, EDUARDO CAMPOS NÃO ACEITOU SE CORROMPER E A "CIA" O DEFENESTROU, PROVOCANDO UM DESASTRE AÉREO DE SEU AVIÃO EM SÃO PAULO) já estão corrompidos e cumprirão à risca o determinado pelo Califado Judaico Sionista de Washington
A partir do momento em que os países BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) manifestaram sua união-coligação e falaram de formar um Banco de Desenvolvimento conjunto (em Durban, África do Sul, dia 27/3/2013), o Califado Judaico Sionista só faz trabalhar para dividir o grupo. Os BRICS são quase 45% da população mundial e perto de 30% do PIB global. A "ideia-BRICS é lançar moeda conjunta alternativa, completamente separada do dólar e da economia norte-americana judaico sionista e da ganância do "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL". 

Isso dá aos países "BRICS" um perfil de força que ultrapassa os EUA JUDAICO SIONISTA e Europa Judaico Sionista somadas. Só a China já é, não só a maior economia do mundo, como também domina o mercado asiático de cerca de 4,2 bilhões de pessoas, 60% de toda a população somada do mundo e PIB de cerca de US$ 25 trilhões, superando o poder de compra da economia baseada no dólar, de cerca de US$ 17 trilhões. A Ásia registrou taxa média de crescimento de quase 8% ao longo dos últimos anos; o mundo "ocidental judaico sionista" engatinhou em torno de 1%.

Enquanto isso, vários outros países se integrarão aos BRICS, inclusive Argentina, Venezuela, Irã, Mongólia, Malásia e outros, que reunidos constituirão cerca de 1/3 da produção econômica e metade da população do planeta.Os países BRICS não têm por que temer a interferência dos EUA JUDAICO SIONISTA - dividir para DOMINAR -, se conseguirem solidificar sua união, com solidariedade - solidariedade política e monetária, além de políticas de comércio comum - e se tiverem vontade política para realmente separar suas economias do dólar judaico sionista, esta ação que é a chave para o sucesso dos "BRICS", e vontade política e PATRIOTISMO, é o que não falta à Dilma e ao Lula.


Xeik Obama Judaico Sionista - aqui também designado como "o califado ocidental judaico sionista" - tem muitas capacidades autodeclaradas. Vive a criar neocalifados a serviço dele, como o "Estado Islâmico do Iraque e Levante (QUE NA REALIDADE SÃO MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO Judaico Sionismo de Israel, comandados por agentes da "CIA" e do "MOSSAD" - ISIL); na sequência, põe-se a bombardear a própria criatura, fazendo o mundo crer que seriam inimigos, assiste à degola de jornalistas ocidentais e clandestinamente mantém, com dinheiro e armas sua cruzada judaico sionista no Oriente Médio à caça de energia e de dominar o mundo - uma cruzada que o "ISIS(MERCENÁRIOS TERRORISTAS DO "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL") leva avante, em nome do Supremo Califado Judaico Sionista da Casa Branca e Tel Aviv. 

ACAMPAMENTOS ABRIGAM QUASE 50 MILHÕES DE MISERÁVEIS NOS ESTADOS UNIDOS JUDAICO SIONISTA



greve-fast-food-eua

A miséria revelada pela greve dos trabalhadores de redes fast-food

Greve de trabalhadores nas redes de fast-food expõe a face da miséria nos EUA - O VERDADEIRO NÚMERO DO DESEMPREGO É ACIMA DOS 20% - A MASSA DE MISERÁVEIS DO MUNDO, MORANDO EM ACAMPAMENTOS IMPROVISADOS, ESTÁ AQUI - 47, 576 MILHÕES DE PESSOAS VIVEM DEUS SBE COMO"







O Califado Judaico Sionista de Washington também tem seu pequeno exército de 'nações mártires' que lutam e sofrem por ele, como os 28 membros da União Europeia, liderada (só rindo) por um grupo de judeus sionistas neoliberais submissos a Washington e de pensamento assemelhado, fantoches cristãos-sionistas. Fazem o que Washington diz. A maioria deles são também membros pro-forma da máquina de guerra comandada pelo Califado Judaico Sionista da Casa Branca conhecido como Organização do Tratado do Atlântico Norte, OTAN JUDAICO SIONISTA, e macaqueiam os gritos de guerra do Fog(h)-da-Guerra-Rasmussen, o fantoche-em-chefe de Obama para a Europa.
GOVERNO JUDEU SIONISTA NA INGLATERRA - 5 MILHÕES DE TRABALHADORES RECEBEM SALÁRIOS QUE OS DEIXAM ABAIXO DA LINHA DA POBREZA 16% É O DESEMPREGO

MISÉRIA NA FRANÇA- 18% É O DESEMPREGO

MISÉRIA NA ROMÊNIA 22% É O DESEMPREGO

Claro, o califado está sempre pronto, com sanções à mão contra os que não se comportem bem, especialmente sanções que ricocheteiam sobre terceiros. As mais recentes sanções contra a Rússia vieram depois de campanha de propaganda de mentiras e invencionices 'jornalísticas' que custou um bilhão de dólares, de demonização de Vladimir Putin e da Rússia. Interessante: as 'sanções' impostas contra a Rússia pelo guerreiro supremo de Washington - acompanhado na ação sancionatória, subservientemente, pelos servos-asseclas europeus, receberam imediata retaliação dos russos, que bloquearam grande parte dos negócios do agrobusiness com a Europa. E assim aconteceu que fazendeiros europeus lá estão com colheitas inteiras de frutas e legumes apodrecendo - e perdas estimadas em um bilhão de dólares, muitas vezes superiores a perdas que tenha causado à Rússia, com um detalhe assombroso e maquiavélico, os urubus JUDEUS SIONISTAS, ESTÃO à espreita, os fazendeiros quebrados, serão obrigados a venderem ou a entregarem suas terras aos BANCOS JUDACO SIONISTAS, e estes países europeus terão que comprar alimentos envenenados e TRANSGÊNICOS produzidos nos EUA JUDAICO SIONISTA, alimentos estes produzidos pela "MONSANTO JUDAICO SIONISTA - TRANSGÊNICOS, aí os europeus serão os campeões do mundo em CÂNCER-OBESIDADE-HOMOSSEXUALISMO-SÍNDROME DO METABOLISMO-E ETC...Que é o que estes TRANSGÊNICOS provocam.
JUDEUS NO GOVERNO - MISÉRIA NA IRLANDA 20% É O DESEMPREGO
JUDEUS NO GOVERNO - CLASSE MÉDIA DA GRÉCIA - FAMINTA 40% É O DESEMPREGO 
JUDEUS NO GOVERNO - CLASSE MÉDIA DE PORTUGAL - FAMINTA 25% É O DESEMPREGO São cada vez mais visíveis as consequências do aumento do desemprego e do empobrecimento no país. É preciso o envolvimento de todos para fazer chegar a ajuda urgente às famílias que estão a deixar de ter comida na mesa e que são cada vez mais.

Três milhões de portugueses vivem no limiar da miséria

JUDEUS NO GOVERNO - MISÉRIA NA ITÁLIA - 18% É O DESEMPREGO
JUDEUS NO GOVERNO - CLASSE MÉDIA DA ESPANHA - FAMINTA 50% É O DESEMPREGO

Neoliberais são gente de visão curta. São enceguecidos pela ganância, pela ânsia de lucro imediato, pelo sonho de uma 'doutrina' de Dominação de Pleno Espectro - o que implica controlar os recursos, o dinheiro e os povos do mundo. Esse, contudo, é o Império do Califado Judaico Sionista que está condenado, porque depende de invencionices e mentiras, artes que funcionam por algum tempo com parte das pessoas, mas jamais funcionam todo o tempo para enganar todos. A verdade é que a maré já está virando - e já se começa a ver um fio de luz por trás da escuridão que a monstruosa e assassina máquina de guerra ocidental judaico sionista lançou sobre o planeta.

Os principais países europeus vassalos do neocalifado judaico sionista de Washington, Alemanha e França, e alguns dos mais vassalos mais recentes, Polônia, Romênia e República Tcheca, para citar só alguns, já começam a duvidar e a não confiar cegamente na 'solução' das sanções. Estão começando a sentir o ardor da volta do chicote sobre o lombo do chicoteador.

O califado judeu sionista precisa de conflitos e guerras para sobreviver. Há toda uma cadeia econômica baseada na produção de armas e na destruição. Um mundo em paz seria "o colapso" daquela ordem mundial pró-guerra.

Para alcançar  seu objetivo, o califado ocidental judaico sionista está usando aquela sabedoria de milhares de anos: dividir para DOMINAR. Servindo-se da imprensa-empresa JUDAICO SIONISTA global e de campanha multibilionária de propaganda e disseminação de mentira, Obama "CAVALO DE TROIA JUDAICO SIONISTA" e seus lambe-botas europeus primeiro confundem os povos, em todos os países e continentes, distorcem o bom-senso, na sequência implantam cunhas entre eles, entre aliados, entre vizinhos, entre culturas comuns, entre famílias - e convertem amigos em inimigos.

Não esqueçam: o dólar é dinheiro inventado, que já não vale o papel em que é impresso. É produzido à vontade e já é chamado de "alívio quantitativo" (?!) [orig. Quantitative Easing (QE)], expressão selecionada cuidadosamente justamente porque nada significa, um eufemismo usado para designar uma dívida que os tesouros nacionais acumulam como se fossem reservas monetárias, em todo o planeta.

O mesmo acontece com o financiamento da máquina de guerra eterna. Imprimir dinheiro à vontade passou a ser o passatempo que justifica todas as guerras e morticínios para conquistar os recursos físicos e humanos do planeta. O processo prosseguirá enquanto o resto do mundo permitir que prossiga. Mas já é fenômeno que começa a fenecer. Há 10, 15 anos, cerca de 90% das reservas mundiais eram denominadas em dólares norte-americanos. Hoje, essa porcentagem já encolheu para cerca de 60%.

"Dividir para dominar é precisamente o que o califado ocidental, ou seja, o "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL" pretende fazer com os "BRICS". A começar pelo Brasil, Washington está empenhada em campanha para caluniar e difamar a presidenta do Brasil "Dilma Rousseff" e prejudicar a economia do Brasil, jogando a culpa à administração do governo brasileiro, que quase nada pode fazer, devido aos invisíveis "CAVALOS DE TROIA SIONISTAS", infiltrados na economia do país, com o intuito de sabotar os esforços de Dilma para sanear este setor. ("CAVALO DE TRÓIA QUER DIZER: ALGUÉM PLANTADO EM LOCAL ESTRATÉGICO, PARA SIMPLESMENTE AJUDAR O LADO CONTRÁRIO")
Acusa-se o Brasil de corrupção e nepotismo, e a economia brasileira é 'alertada' contra o risco 'mortal' de uma suposta dívida privada que já chegaria a 80% do PIB. Mas as campanhas de difamação 'jornalística' não explicam que, graças ao aumento da dívida privada, o PIB do Brasil cresceu cerca de 30% na última década. Ninguém explica que a dívida externa do Brasil mantém na proporção de menos de 57% do PIB; nos EUA JUDAICO SIONISTA essa proporção é de quase 101,5%; na Alemanha, de 82%.
Resumo da história, o Brasil é impressionante história de sucesso. Mas os patrões da imprensa-empresa "JUDAICO SIONISTA DE ISRAEL"(GLOBO-VEJA-ISTOÉ-SBT- ETAPA - FOLHA DE SÃO PAULO - E ETC...) de propaganda deram jeito de apresentar índices declinantes de popularidade para a presidenta Rousseff (CORROPENDO OS INSTITUTOS DE PESQUISAS A PESO DE OURO)- a tal ponto que, hoje, até a sua reeleição nas eleições marcadas para outubro, parece ameaçada. Ver-se livre da presidenta Rousseff é exatamente o que o Califado Judaico Sionista de Washington mais deseja!", pois, os outros candidatos (MARINA SILVA E AÉCIO NEVES, EDUARDO CAMPOS NÃO ACEITOU SE CORROMPER E A "CIA" O DEFENESTROU, PROVOCANDO UM DESASTRE AÉREO DE SEU AVIÃO EM SÃO PAULO) já estão corrompidos e cumprirão à risca o determinado pelo Califado Judaico Sionista de Washington

Imagine um concurso real, baseado em resultados econômicos, entre o califado ocidental judaico sionista governado por Washington, e os BRICS. Com um PIB de cerca de 30% de tudo que o mundo produz, com mais da metade da população do planeta, os BRICS mantêm a proporção entre o PIB e a dívida, em média, abaixo de 45% (estimativas de 2014): Brasil, 56,8%; Rússia, 13,4%; Índia, 67,7%; China, 22,4%), África do Sul, 46,1%. EUA, com 101,5% nessa relação, e a Eurozona com 92,6%, perdem, longe.

É claro que os BRICS nada têm a temer do califado ocidental judaico sionista - e de qualquer sempre provável chuva de sanções. Mas - e essa é a questão chave -, o império judaico sionista-anglo-saxão controla o atual sistema monetário ocidental. O FED, Wall Street, o Banco Central Europeu e o FMI, extensão do Tesouro dos EUA e do FED, asssim como o Banco de Compensações Internacionais [orig. Bank for International Settlements (BIS)], o banco central dos bancos centrais, principal manipulador privado do ouro e das moedas nacionais - mantêm as economias ocidentais como reféns. Esse império judaico sionista-anglo-saxão financia a máquina de guerra de EUA/OTAN JUDAICO SIONISTAS.

O sistema financeiro ocidental controlado pelo império judaico sionista-anglo-saxão tem o mesmo objetivo que a 'doutrina' da Dominação de Pleno Espectro, como Obama, supremo califa e assassino-em-chefe, que atualmente presta serviços à oligarquia da indústria de armas e da indústria bancária.

É portanto mais que boa hora para os BRICS fazerem realmente acontecer sua prometida moeda alternativa, completamente separada do dólar e do sistema de lavagem de dinheiro montado em Wall Street. A viabilidade econômica desse sistema alternativo é entre 2 e 3 vezes superior à do dólar norte-americano judaico sionista.

Mas pode ser necessária uma medida intermediária, para deter o bulldozer ocidental. Rússia e China e vários outros países já concordaram em negociar em suas respectivas moedas e, em particular, em negociar gás e petróleo em dinheiro não-dólar - medida que reduzirá consideravelmente a demanda pela moeda dos EUA JUDAICO SIONISTA, reduzindo, é claro, a viabilidade do dólar como moeda de reserva. Rússia e China preparam-se para lançar moeda comum, uma cesta de moedas às quais se podem acrescentar outras, de outros países que desejem livrar-se dos caninos mortais do califado monetário ocidental judaico sionista .

Dias 3 e 4 de setembro, a OTAN JUDAICO SIONISTA, braço militar do califado ocidental judaico sionista, reuniu-se em Gales, Reino Unido, para discutir sua raison d'être. A própria OTAN JUDAICO SIONISTA admite que foi a mais importante reunião desde o colapso da URSS. Participaram 60 chefes de estado, incluídos os 28 países membros da OTAN JUDAICO SIONISTA. Como se esperava, a 'aliança ocidental' dedicou-se a demonizar a Rússia - país chave dos BRICS - com mentiras e sandices de tal ordem que não encontram rival na história da farsa 'jornalística' mundial. O relatório final da reunião, é uma fiada de acusações sem qualquer fundamento, só provocações - semelhantes às que Fog(h) da Guerra Rasmussen vive a macaquear -, e que a Rússia sequer se deu o trabalho de desmentir. As declarações da OTAN JUDAICO SIONISTA sucumbem sob o peso das próprias mentiras.

É claro, depois de 65 anos de existência e desastres por todo o mundo, a OTAN JUDAICO SIONISTA precisa de nova identidade, de uma nova Guerra Fria, ou, melhor de tudo, nova guerra diretamente contra a Rússia - pela 'segurança' da Europa. Assim sendo, o califa Obama "CAVALO DE TROIA SIONISTA", no que, esperemos, será um de seus últimos e mais desavergonhados movimentos, está pedindo que os europeus 'mexam-se'  e aceitem doar pelo menos 2% dos respectivos PIB para manter a OTAN JUDAICO SIONISTA; e que aprovem legislação que permita que o complexo industrial militar meta mais armas nas bases da OTAN JUDAICO SIONISTA na Europa. É o mesmo que dizer que Obama está expondo a Europa a ataques militares da defesa russa; mais uma vez, o califado anglo-sionista norte-americano está expondo os povos europeus na linha de fogo. Líderes [só rindo] europeus, fingem que aí não haveria perigo algum para seus cidadãos.

Mas... há esperança. Como Pepe Escobar escreveu em "OTAN ataca":
"o negócio realmente sério nesse mês de setembro, o que realmente interessa, não é a OTAN JUDAICO SIONISTA. É a reunião de cúpula da Organização de Cooperação de Xangai. Aguardem as proverbiais agitações de placas tectônicas na próxima reunião da OCX - mudanças de tão longo alcance quanto as que se viram quando o império Otomano fracassou às portas de Viena em 1683.

Por iniciativa de Rússia e China, naquela reunião da OCX a Índia, o Paquistão, o Irã e a Mongólia, serão convidados a tornarem-se membros permanentes. Mais uma vez, estão traçadas as linhas de combate." 
A reunião de cúpula da Organização de Cooperação de Xangai pode bem vir a ser o primeiro passo na direção de uma nova ordem mundial - não a notória Ordem Mundial de 'mão única' proclamada pelo califado do império judaico sionista-anglo-norte-americano -,mas uma nova direção-guia para o mundo, bem afastada do sistema financeiro e monetário da usura e da negociata, bem distante do objetivo de Washington de Dominação de Pleno Espectro - na direção de um novo mundo de estados livres, soberanos. *****
 Peter Koenig é economista e foi funcionário do Banco Mundial. Trabalhou em todo o mundo, no campo do meio ambiente e recursos hídricos. Escreve regularmente para Global Research, ICH, Voice of Russia, Ria Novosti e outras páginas da internet. É autor de Implosion - An Economic Thriller about War, Environmental Destruction and Corporate Greed - romance-reportagem baseado em 30 anos de experiências do Banco Mundial em todo o mundo.
P.S.
Voltando ao Pomo da discórdia Sul Americano, tendo como discordantes os Norte Americanos Judaico Sionistas, mais precisamente, um dos fundadores do "BRICS", e para a alegria e satisfação da RÚSSIA - CHINA - ÍNDIA - ÁFRICA DO SUL e BRASIL, e para o MUNDO VERDADEIRAMENTE LIVRE, o grandioso BRASIL elegeu Dilma presidenta outra vez, o judaico sionismo juntamente com seus "CAVALOS DE TROIA SIONISTAS", os CALABARES Aécio Neves e Marina Silva - que iriam sabotar o "BRICS" e o "MERCOSUL", voltaram à condição de espectadores derrotados, sem perspectivas de algum dia serem vitoriosos, pois nas próximas 2 eleições teremos como candidato imbatível e eterno presidente "LULA".
O "BRICS" e o "MERCOSUL", vão ter a continuidade e a paz necessária para trilhar e triunfar, uma nova ORDEM ECONÔMICA MUNDIAL, não para dominar, e sim para melhorar a vida de seus respectivos povos, e o Brasil não é coadjuvante e sim Protagonista, dessa HISTÓRIA MUNDIAL, QUE JÁ COMEÇOU A SER ESCRITA, que representa a INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, após 500 anos de dominação econômica DOS JUDAICO SIONISTAS E ANGLO AMERICANOS.

5 comentários:

  1. Muito lúcida sua descrição do veneno sionista alastrado inclusive no Brasil, com um senado nacional impatriótico. Gostaria que se dedicasse em fazer uma SÍNTESE dos movimentos dos sionistas desde a Fundação da Petrobras, gerando um "falso suicídio" de Getúlio Vargas, o que parece acelerou a entrada dessa quadrilha internacional aqui no nosso Continente Latino. Brasil, Cuba,Venezuela. Pesquise o lado sombrio de Tancredo Neves, na época Ministro da Justiça - e que por "IRONIA HERDOU" a CANETA,( a sua arma de assinar leis e renovações) - mais interessante é que está HOJE com o seu netinho aloprado, confiante e querendo se impor pra continuar o que seu avô sonso tanto ambicionou - GANHOU MAS NÃO LEVOU - o céu NÃO permitiu, pegando-o pelo rabo como se pega uma ASTUTA ratazana. Para mim, Deus provou aí, que é um grande gato brasileiro... mas as crias dessa coisa ainda estão roendo nossa honra , nossas riquezas incomparáveis e por isto, alvo dos banqueiros anglo-sionistas de olho no MERCOSUL e BRICs...

    ResponderExcluir
  2. Muito lúcida sua descrição do veneno sionista alastrado inclusive no Brasil, com um senado nacional impatriótico. Gostaria que se dedicasse em fazer uma SÍNTESE dos movimentos dos sionistas desde a Fundação da Petrobras, gerando um "falso suicídio" de Getúlio Vargas, o que parece acelerou a entrada dessa quadrilha internacional aqui no nosso Continente Latino. Brasil, Cuba,Venezuela. Pesquise o lado sombrio de Tancredo Neves, na época Ministro da Justiça - e que por "IRONIA HERDOU" a CANETA,( a sua arma de assinar leis e renovações) - mais interessante é que está HOJE com o seu netinho aloprado, confiante e querendo se impor pra continuar o que seu avô sonso tanto ambicionou - GANHOU MAS NÃO LEVOU - o céu NÃO permitiu, pegando-o pelo rabo como se pega uma ASTUTA ratazana. Para mim, Deus provou aí, que é um grande gato brasileiro... mas as crias dessa coisa ainda estão roendo nossa honra , nossas riquezas incomparáveis e por isto, alvo dos banqueiros anglo-sionistas de olho no MERCOSUL e BRICs...

    ResponderExcluir