sexta-feira, 17 de outubro de 2014

ROLLEMBERG ELEITO - BRASÍLIA FICARÁ IGUAL A "UCRÂNIA" GOVERNADA POR "JUDEUS SIONISTAS"


Brasília: 8 anos perdidos - 4 anos com Agnelo e 4 anos com Cristóvão.
 Os piores períodos de governo que que já se viu na cidade de "JK", patrimônio cultural da humanidade.

Agora inicia-se o governo de "ROLLEMBERG, que vai dobrar o rombo deixado por Agnelo, pois vai endividar Brasília no exterior dizendo que é para cobrir o rombo, e depois vai "PRIVATIZAR" (ROUBO SEGUIDO DE RECEPTAÇÃO) o "BRB", "CAESB", "CEB e o "DETRAN", dizendo que é para quitar a dívida do governo, mas não vai pagar nada, e nós teremos perdido mais uma parte de nossa soberania e o estado ficará sem receitas para investir na área social.

E, falando em receitas, vai começar espoliando o estado com a isenção de impostos para as mais ricas empresas do planeta - "LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS DO "JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL", que bancaram sua campanha eleitoral, mas, vai dizer que é para ajudar os pobres, fazendo-nos sentir saudades de Agnelo e Cristóvão.

O mesmo método foi aplicado por "FHC", "SERRA" e "ALCKMIN", hoje São Paulo não tem mais nada, com a maior dívida do Brasil, e já estão planejando "PRIVATIZAR A ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS AOS "JUDEUS SIONISTAS", como já está ocorrendo na Espanha e Grécia, governadas e espoliadas por "JUDEUS SIONISTAS".

E, "Rollemberg sendo um "Judeu Sionista", estará tudo dentro do "SCRIPT", e ainda corremos o risco de ver nomeado na secretaria de fazenda, o Rabino HENRY SOBEL, aquele que foi preso em flagrante roubando gravatas em Miami. 




EXEMPLO REAL É A UCRÂNIA:

A UCRÂNIA É GOVERNADA POR "JUDEUS SIONISTAS"  ONDE OCORRE UMA TRAGÉDIA, CONFIRA, É DIFÍCIL DESMENTIR AS IMAGENS SOBRE A OPRESSÃO EM QUE VIVEM OS UCRANIANOS, OUTRORA LIVRES E CRIATIVOS, ABASTECIAM GRANDE PARTE DO PARQUE INDUSTRIAL RUSSO. 

HOJE NÃO PRODUZEM NADA E ESTÃO FAMINTOS, DESMORALIZADOS, OPRIMIDOS, DESEMPREGADOS E CABISBAIXOS...
NEM GÁS PARA AQUECIMENTO TEM MAIS...
VIVEM DE ESMOLAS QUE A "UE JUDAICO SIONISTA" LHES DÁ, QUANDO DÁ...


Nenhum comentário:

Postar um comentário