segunda-feira, 22 de setembro de 2014

RÚSSIA - O PRIMEIRO "MISTRAL" JÁ FOI ENTREGUE À TRIPULAÇÃO RUSSA - DIPLOMATAS JUDEUS DA "UE" E "EUA" TEM QUE RELAXAR E FAZER YOGA


Hoje, 11:39

Porta-helicópteros Mistral acaba de concluir a sua primeira saída barra a fora, já com marinheiros russos a bordo

defesa, Rússia

Na noite do domingo para segunda-feira o porta-helicópteros Vladivostok concluiu a saída de treino ao mar tendo a bordo a primeira tripulação de marinheiros russos.


A primeira tripulação russa fez-se ao mar na noite de 12 para 13 de setembro. 

Agora Vladivostok tem pela frente mais uma saída barra a fora. 

De acordo com os dados de uma fonte da agência RIA Novosti o navio vai deitar-se ao mar terça-feira.

O contrato para o fornecimento de dois porta-helicópteros foi firmado entre a companhia francesa DCNS e Rosobronexport, medianeiro estatal na exportação e importação de produtos, tecnologias e serviços de uso militar e duplo, em 2011. 

O primeiro navio, chamado Vladivostok, deve ser incorporado na marinha de guerra russa em 2014, e o segundo, chamado Sevastopol, em 2015. 

Os EUA opuseram-se ao fornecimento destes navios. Todavia, a companhia DCNS asseverou que as sanções dos EUA não podem impedir a construção e a entrega dos porta-helicópteros tipo Mistral.

Antes disso, em setembro, a França ameaçou mais uma vez a Rússia com a suspensão do fornecimento dos porta-helicópteros tipo Mistral, relacionando esta sua decisão à crise na Ucrânia. 

De acordo com a respectiva declaração da parte francesa, Moscou teria participado diretamente desta crise. 

Mais tarde um representante do Palácio do Eliseu esclareceu que o fornecimento do navio não foi suspenso juridicamente e que o presidente François Hollande tinha apenas delineado a sua posição política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário