sábado, 12 de julho de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA NA PALESTINA - VÍDEO DENÚNCIA NO PERÚ

s.



Lobby israelense no Peru, manipulação da mídia: César Hildebrant 
RESISTÊNCIA GLOBAL

César Hildebrandt é um renomado jornalista político peruano.

É considerado um dos jornalistas mais influentes de seu país.

Nos anos de 'Fujimori' foi um dos grandes lutadores contra a ditadura. Nesse período ele fundou, junto com outros jornalistas, o jornal "Libertação".

Na televisão foi repetidamente criticada por ser um crítico frequente de sucessivos governos e dos interesses privados, mostrando-se completamente imparcial ao fazer julgamentos e opiniões.

É um dos jornalistas mais experientes, com reconhecimento e credibilidade no Peru. 
Seu trabalho é conhecido por ser um acérrimo defensor da democracia e da justiça.

César Hildebrandt:

The Free Press proprietário e Venenos Mundial de Cegos leva à sua destruição.

Manuseio deformando da informação real para o benefício dos interesses de grupos privilegiados, tem um impacto negativo sobre política, economia, sociedade, conhecimento e ao meio ambiente, com consequências imprevisíveis.

Os acontecimentos históricos, processos sociais, guerras, revoluções, catástrofes humanitárias e ambientais, a morte, o curso da própria vida e, em geral, qualquer evento que possa gerar conhecimento para soluções reais, são tratados no mesma "saco" como "notícias" sujeitos a censura desta indústria infame.

O foco desta indústria informativa denominada "imprensa livre" pertence ao JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL, com o seu negócio e sua maior fonte de receita é a censura e a mentira, eles compram, produzem e vendem mentiras.

A imprensa "livre" marginaliza o próprio conhecimento da humanidade e dos fatos que acontecem no mundo reclamando, a censura dos pobres, desastres obscuros que causam os ricos e poderosos com sua ambição e, em troca caluniam os ativistas sociais, socialistas, ambientalistas, os revolucionários e os manifestantes.

A imprensa "livre" é 
cúmplice dos crimes contra a humanidade, e para se esconder e disfarçar como "excesso" e "maus tratos" da tortura e genocídio praticado pelos JUDEUS SIONISTAS diáriamente (Estados Unidos, Inglaterra, Israel ...). 

Os proprietários "livre" imprensa, são incapazes de esconder a realidade monstruosa do problema árabe - Israel, para seu tamanho, justificado sob todos os pontos de vista dos abusos e crimes contra a humanidade cometidos durante décadas o Estado de Israel contra o povo palestino. Total para os povos árabes que eles são apenas "bárbaros".

A imprensa "livre" esconde o genocídio perpetrado diariamente que as forças invasoras no Iraque praticam contra a população de mulheres, crianças e velhos desarmados, morrendo de fome, aterrorizados, e choram para os seus mortos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário