quinta-feira, 29 de maio de 2014

UCRÂNIA - EXÉRCITO DE SLAVYANSK ABATE HELICÓPTERO DE KIEV COM GENERAL E 14 OFICIAIS


EXÉRCITO DE SLAVYANSK, EX-UCRÂNIA ABATE HELICÓPTERO DE KIEV COM GENERAL E 14 OFICIAIS 
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.

OS JUDEUS SIONISTAS ESTÃO HABITUADOS A ATACAR CIVIS DESARMADOS, NA SÍRIA, IRAQUE, AFEGANISTÃO, HONDURAS, RCA, LÍBIA, EGITO, GAZA NA PALESTINA, MAS AGORA SE DEPARARAM COM UM PATRIOTISMO INATACÁVEL DOS UCRANIANOS DO LESTE E PRÓ-RUSSIA, DISPOSTOS A DEFENDER SUA LIBERDADE E SUA PÁTRIA A FERRO E FOGO, E PARECE QUE ESTÃO BEM ARMADOS, E SE BRINCAR, LOGO ESTARÃO A ATACAR KIEV, PARA DERRUBAR A JUNTA DE GOLPISTAS ALI INSTALADA E APOIADA PELOS SIONISTAS DA UE, OTAN E EUA.

A MEU VER, A RÚSSIA ESTÁ DANDO CORDA A ESSES MERCENÁRIOS TERRORISTAS, E PARECE QUE VÃO SE ENFORCAR NELA, SEM A INTERVENÇÃO DO EXÉRCITO RUSSO, PORQUE SE PUTIN QUISESSE, TOMARIA A UCRÂNIA TODA EM 72 HORAS, EUA, OTAN E UE, JÁ SE ENCONTRAM NUM BECO SEM SAÍDA, ASSIM COMO CAÍRAM NAPOLEÃO E HITLER, E PARECE QUE INTERVENÇÃO RUSSA SERÁ DESNECESSÁRIA, POIS O EXÉRCITO DE TERRORISTAS MERCENÁRIO, ESTÁ A PERDER TERRENO PARA UM EXÉRCITO IMPROVISADO MAS DISPOSTO A VENDER CARO A PELE. 

Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.


Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.
Guerra civil  chega à  Ucrânia A Rússia acusa os ultra nacionalistas ucranianos de estarem a violar a legalidade na Ucrânia. Esforços conjuntos entre o povo ucraniano e a comunidade internacional têm de conseguir pôr fim ao racismo, à xenofobia, à intolerância étnica e à glorificação dos nazis e dos cúmplices de Bandera , refere um relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo. O relatório, que tem como título  Livro Branco , refere também que os ultranacionalistas, extremistas e neonazis  monopolizaram  o movimento de protestos na Ucrânia cometendo ilegalidades  em grande escala  contra russófonos da Ucrânia.  Em confrontos nas regioes revoltadas já morreram  por volta de 100 pessoas civis.  Fotos AP.


Nenhum comentário:

Postar um comentário