quinta-feira, 8 de maio de 2014

SÍRIA - SAGA E HEROÍSMO DE UM POVO CONTRA O JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL


Síria confirma quatro candidatos à presidência, dentre eles uma mulher

Síria, eleição presidencial

O Parlamento da Síria confirmou neste domingo a inscrição de quatro candidatos para a eleição presidencial no país, chegando a seis o número de postulantes que devem tentar suceder o presidente Bashar Assad.

Assad, cuja família está no poder há 40 anos e controla o país há 12, ainda não apresentou sua candidatura. Dentre os quatro postulantes confirmados hoje, está uma mulher. Susan Omar al-Haddad é engenheira e natural de Latakia, no litoral sírio.
Além dela, foram inscritos o engenheiro Mohammed Firas Rayuh, o professor de direito internacional Samir Ahmed Meala e o assessor de organizações internacionais Abdelsalam Yusef Salma.
Já haviam se registrado o ex-ministro Hasan Abdallah al-Nuri e o deputado Maher Abdel Hafez Hayar, membro da oposição legal. Espera-se que os seis tentem derrotar o ditador Bashar Assad, que tenta o terceiro mandato.
Esta será a primeira eleição em décadas com grande número de candidatos. Porém, os postulantes devem ser sírios com pais nascidos na Síria, não devem ter antecedentes criminais e dupla nacionalidade, não podem estar casados com estrangeiros e devem estar morando a pelo menos dez anos consecutivos no país.
-- Folha Online

Mídia JUDAICO SIONISTA: Mentiras, trapaças e interesses escusos

-- Com o explícito apoio dos EUA, ISRAEL, QATAR e ARÁBIA SAUDITA (que esvaziou suas prisões, mandando os condenados combater na Síria) um verdadeiro exército de mercenários terroristas sob o comando direto da CIA. FBI e MOSSAD, todos seguindo a orientação dos JUDEUS SIONISTAS DE ISRAEL - a Síria vive hoje um conflito que veio de fora para dentro.
-- Achavam os JUDEUS SIONISTAS e seus nefastos aliados, que depois do Iraque, Líbia e Afeganistão - onde estão atolados até o pescoço - a queda da Síria seria razão de alguns meses, em o objetivo sendo atingido, matariam 2 coelhos de uma só cajadada, através território sírio fariam um gasoduto para suprir a EUROPA, ficando assim livres da eterna dependência da RÚSSIA, além de uma plataforma estratégica, para, no lance seguinte atingir o Irã. 
-

- Com o apoio da mídia JUDAICO SIONISTA, se espalhou pelo mundo que os sírios estavam se levantando contra o governo do ditador Bashar al Assad, influenciando os neófitos, e o planeta embarcou nessa, só se referindo ao presidente sírio como, no poder por ter sido eleito, como um ditador sanguinário e que por isso deveria ser apeado do poder.

-- A Síria é um dos mais liberais países do Oriente Médio, onde o número de mulheres em cargos públicos superam o de homens, como não há no mundo todo, nas suas principais cidades não se observa crianças e mendigos nas ruas, escolas e unidades médicas por tudo quanto é canto, liberdade religiosa, onde predominam vários credos, situação bem diferente de seus vizinhos do Oriente Médio, um exemplo é a Arábia Saudita, que é governado há mais de 100 anos por uma família real que dita as leis do país, onde mulheres são proibidas de dirigir, e a monarquia ditou uma lei recente em que é considerado crime de terrorismo qualquer crítica aos serviços públicos e sociais no país. No caso sírio, já espalharam, pela mídia JUDAICO SIONISTA, que Bashar al Assad poderá ser julgado por um tribunal internacional, que seria de HAIA - composto invariavelmente por JUDEUS SIONISTAS, pelos crimes que "vem cometendo contra o povo".
-- Em território sírio, hoje, estão mercenários terroristas de várias partes do mundo, franceses, ingleses, americanos, turcos, sauditas (esses aos milhares), todos eles financiados pelos Estados Unidos, Inglaterra e Arábia Saudita (OS AUTORES E EXECUTORES DO PLANO MAQUIAVÉLICO QUE SÃO OS JUDEUS SIONISTAS, NÃO PAGAM CONTAS).
-- Todos se lembram que, às vésperas da chegada dos inspetores da ONU a Damasco, para discutir a questão das armas tóxicas, mais de mil pessoas foram mortas através de um gás sarin, cujo crime foi atribuído ao presidente Assad. Isso foi o cruzamento da tal linha vermelha imposta pelo presidente Barack Obama, que nada mais é do que um "CAVALO DE TROIA SIONISTA", se preparava para em alguns dias bombardear a Síria, foi desmascarado perante o mundo e as Nações Unidas, de que o gás, tinha sido fabricado pelos americanos e teria sido repassado aos mercenários terroristas na Síria pelo príncipe Saudita Bandar Bin Sultan, diplomata e chefe do serviço secreto saudita. Essa informação correu o mundo, mas raramente se viu algo publicado em nossos meios de comunicação e aqui por muito tempo ficou prevalecendo a informação de que foi um crime cometido pelo presidente sírio que, com a ajuda da Rússia e do Irã, está derrotando os grupos terroristas que continuam atuando no país provocando atos de barbárie, como aquele vídeo em que um terrorista arrancava e comia o fígado de um prisioneiro, assassinato de crianças e, ainda esta semana, crucificaram dois sírios por eles não seguirem suas orientações. São esses os democratas que os JUDEUS SIONISTAS querem ver no poder na Síria.

-- Havia uma outra LINHA VERMELHA, uma LINHA DE FERRO, traçada pelo KREMLIN, através de um homem -- PUTIN, que podemos classificar como SALVADOR DA PÁTRIA DOS SÍRIOS, declarou com muita propriedade -- "O exército sírio jamais será vencido" --que impediu que esta corja de BANDIDOS, verdadeiros LATROCIDAS INTERNACIONAIS que governam a maioria dos países ocidentais,, mais os oriundos da HORDA (SEGUNDO H.G.WELLS, O MAIOR HISTORIADOR CIENTÍFICO INGLÊS -- SOBRE OS JUDEUS NA ANTIGUIDADE) "Eram uma horda de vagabundos que vagavam peko deserto assaltando as caravanas" que governam ISRAEL (PÁTRIA DO SIONISMO) e hoje assaltam as nações,

-- A título de curiosidade, ASSAD surpreendeu, mostrou que sabe se defender, mostrou que é PATRIOTA, mostrou que comanda um exército coeso e igualmente PATRIOTA, mostrou que sabe fazer diplomacia, aliou-se à RÚSSIA e ao IRÃ, já libertou a cidade de HOMS, tida como o ninho dos terroristas, deve vencer a guerra em breve, Tornou-se um Ícone no mundo árabe, 5 décadas enfrentando os JUDEUS SIONISTAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário