segunda-feira, 31 de março de 2014

RÚSSIA - TODOS NA UCRÂNIA QUEREM SER RUSSOS, KIEV MOSTRA A DESGRAÇA QUE É O JUDAICO SIONISMO NO PODER


Ontem, 20:09

Carcóvia e Donetsk defendem seu direito a realizar referendo

Nas cidades ucranianas de Carcóvia e Donetsk foram realizados comícios a favor de realizar um referendo sobre status das regiões sudestes da Ucrânia.

Kiev está um pandemônio, os mercenários terroristas do JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL, roubam, estupram, matam, torturam e saqueiam a cidade e segundo o presidente legal, afastado a força, fuzilam em praça pública seus opositores impunemente.


  • Adimilson NunesAdimilson Nunes, #
    A solução é a federalização da Ucrânia. Regiões como Luhansk, Dnipropetrovski, Odessa, Donetsk e Kharkov tem uma minoria russa extremamente importante, que varia entre 22% e 49%, dependendo da região. São áreas muito ricas, principalmente todo o entorno que engloba a Bacia de Donbass. Washington queria acertar o coração russo ao se intrometer em Kiev, que é o berço da história cultural e secular da Rússia Moderna, assim como fez em Kosovo, bastião histórico e berço sentimental de todo sérvio devido ao martírio de Lazarus Hrebeljanović, que morreu pelo povo sérvio contra a presença repugnante do Império Otomano na Batalha de Kosovo, em que a realeza sérvia foi esmagada pela máquina ceifadora de vidas proveniente de Constantinopla. Todas as terras atreladas a Roma, ao catolicismo romano, viviam nas trevas e em constante ebulição. Mesmo em período tenebroso e feudal, o Reino da Sérvia florescia nos Bálcãs como um oásis e com avanços que não eram vistos em nenhuma parte do continente europeu, esfacelado por invasões e mais invasões. O chamado "Ocidente" deixou os sérvios a mercê dos sanguinários turcos. E assim o fez novamente nos dias atuais quando rouba o Kosovo da administração de Belgrado. Na Rússia atual, que se ergue depois dos anos danosos pós-URSS, o Ocidente se levanta mais uma vez contra tudo aquilo que ele desconhece e jamais vai entender. Não precisamos que compreendam e entendam a nós, eslavos de primeira, segunda, terceira ou qualquer outra geração. Apenas nos respeitem e deixem-nos que decisões envolvendo nossas jurisdições, nós mesmos a tomaremos. Hoje, o elemento otomano é substituído pelo JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL através dps EUA e sua corja de vassalos da União Europeia, tendo na OTAN SIONISTA o seu sustentáculo militar e bélico, que vive a ameaçar as fronteiras russas. Acreditem, o ocidente precisa muito mais da Rússia do que os russos deles.
  • Adimilson NunesAdimilson Nunes, #
    Mas a este mesmo ocidente, temos que agradecer. Vocês reavivaram um sentimento que estava hibernando, o patriotismo russo, que estava em decadência desde os primórdios da administração de Leonid Brezhnev, no meio da década de 1960. Hoje, tantos russos da diáspora quanto aqueles que vivem em qualquer área do território da Federação Russa, estão unidos num forte sentimento aos russos da Ucrânia e suas dificuldades a cada dia, tendo um governo pró-nazifascismo a controlar as ações em Kiev.
  • MICHELMICHEL, #

Um comentário: