domingo, 9 de março de 2014

CRIMEIA - JUDEUS SIONISTAS COMPRARAM A UCRÂNIA JÁ ESTÃO RETALHANDO O PAÍS

Ontem, 20:51
DENTRO EM BREVE A UCRÂNIA SERÁ UMA NOVA GRÉCIA 

Autoridades da Crimeia acusam Kiev de “vender a Ucrânia”

ucrânia, eua, crimeia, fmi, ruhr, eua, chevron, alemanha, olga kovatidi

Olga Kovitidi, vice-premiê do governo da Crimeia, qualificou as condições que Kiev aceita para celebrar acordos com o FMI como “o preço da espoliação”.

Ela declarou que o acordo preliminar com o FMI, celebrado pelas novas autoridades ucranianas, sobre a concessão de ajuda financeira, estipula que todo o sistema nacional de transporte de gás passará a ser propriedade da companhia estadunidense Chevron, e que as empresas siderúrgicas cederão 50% de suas ações à companhia alemã Ruhr. A indústria de extração de carvão da Bacia de Donets passará a pertencer à filial finlandesa da Ruhr.
Segundo Kovitidi, Kiev prometeu também permitir a instalação na Ucrânia do sistema antimísseis estadunidense e da Força Aérea dos EUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário