quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

TERROR JUDAICO SIONISTA NA SÍRIA - MATAM LÍDER DOS MERCENÁRIOS TERRORISTAS

Não existe um único Homem-Bomba na Síria, usa-se sim a bomba relógio ou detonação por controle remoto, do contrário, pelos milhares de atentados, já não existiria nenhum mercenário terrorista, teriam morrido todos. 

Radicais sírios matam um dos líderes da Al-Qaeda

Síria, bandeira

Segundo os rebeldes, o terrorista-suicida foi militante do grupo radical Estado Islâmico do Iraque e do Levante. Al-Suri acusava o movimento de ter iniciado a luta entre os movimentos de oposição sírios.

O próprio al-Suri trabalhava na Síria com os rebeldes próximos ao grupo Frente Al-Nusra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário