"Recentemente, surgiu um brande burburino devido a colocação dos mísseis Iskander. No território da Federação Russa, somos nós que decidimos onde eles serão colocados", disse o ministro.

Esta semana, a Polônia, Lituânia e Estônia expressaram sua preocupação pela possível instalação de complexos de mísseis táticos russos na região de Kaliningrado.