sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA – ARGENTINA


 


Buenos Aires (Prensa Latina)

Argentina: Eleições ameaçadas
10.12.2013


Os processos eleitorais deste ano na América Latina e em especial na Argentina, estiveram sob severas ameaças de todo tipo. Mas o papel dos meios de comunicação em massa (JUDEUS SIONISTAS), integrados à rede mundial da desinformação(JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL) e a contrainsurgência(CAVALOS DE TRÓIA SIONISTAS) foi chave.
Na Argentina, uma campanha de permanentes denúncias falsas antigovernamentais(ATRAVÉS  DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO JUDAICO SIONISTAS), destinadas a semear dúvida, suspeitas e incredulidade sobre servidores públicos e a figura presidencial, neste caso com a incorporação da extrema violência de gênero contra a presidente Cristina Fernández de Kirchner, em programas de TV, rádio e jornais, estava destinada a influir sobre as eleições legislativas de junho, entre outras ações não menos graves e violentas.

Tudo porque Cristina, num ato heroico, reestatizou o petróleo, e acabou com o monopólio da Mídia, ambos fraudulentamente adquiridos, em governos anteriores, aí sim, corrompidos  pelos JUDEUS SIONISTAS.

Na realidade estamos sob uma invasão silenciosa das Fundações criadas pela CIA DOS EUA - PELO MOSSAD DE ISRAEL - MAIS AS ONG`s , que são redes de espionagem, mas todos comandados pelos judeus sionistas, semeadas pelo território da América Latina e do Caribe, alinhadas como aríetes, ou ponta de lança, dessa contrainsurgência unida à crescente militarização regional.

A Doutrina Monroe segue vigente como sempre e na mentalidade dos fundamentalistas a Guerra Fria nunca acabou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário