Bayik acusou a Turquia de entrar em guerra contra os curdos no norte da Síria, usando insurgentes islâmicos. Segundo ele, o PKK tem o direito de retaliar.
Ancara rejeita veementemente as acusações de apoio aos grupos rebeldes sírios que combatem contra os curdos.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_22/curdos-ameacam-retomar-combate-armado-na-turquia-2078/