O ataque foi lançado ontem contra um posto militar das milícias curdas na cidade síria de Hasake, zona de Ras al-Ayn. No entanto, o evento é relatado apenas hoje, quarta-feira.
De acordo com o canal libanês, após a explosão de um projétil, os milicianos viram uma fumaça amarela e alguns deles sentiram em seguida náuseas e outros fortes sintomas de intoxicação química.