quinta-feira, 14 de novembro de 2013

HUNGRIA – EXPULSA OS “JUDEUS SIONISTAS” DA ECONÔMIA, A EXEMPLO DA ISLÂNDIA


Hungria ordena que o “FMI” e o “BCE” da "UE", juntamente com os integrantes da "HORDA de assaltantes JUDAICO SIONISTAS” - Rockfellers e Rothschilds, desocupem o País: Agora a emissão de moeda nacional é livre de dívidas!

setembro 2, 2013
Tradução: Google tradutor

“DEIXE-ME CONTROLAR E EMITIR O DINHEIRO DE UMA NAÇÃO E EU NÃO ME IMPORTAREI COM QUEM ESCREVE SUAS LEIS.” – Mayer Amschel Rothschild

CORROBORANDO UMA PESQUISA
 SOBRE OS JUDEUS EM SEUS PRIMÓRDIOS,
 O MAIOR HISTORIADOR CIENTÍFICO INGLÊS
-- H. G. WELLS --

"Eram uma horda de vagabundos, que vagavam pelo deserto assaltando as caravanas"

"
--HOJE ASSALTAM NAÇÕES --

Desde a década de 1930, a Alemanha era um grande país europeu, e se atreveu a escapar das garras dos cartéis bancários internacionais controlados pelos “JUDAICO SIONISTAS “Rothschild” e “Rockfeller”. Com a saída dos judeus da economia, a Alemanha tornou-se uma potência mundial econômia e militar, explodindo num progresso jamais visto. Com a expulsão dos JUDAICO SIONISTAS da Alemanha, em vingança provocaram a 2ª. Guerra Mundial. De toda forma, esta é uma notícia estupenda que deve incentivar os PATRIOTAS e NACIONALISTAS em todo o mundo, para aumentar a luta pela liberdade da tirania financeira.
Já em 2011, o primeiro-ministro PATRIOTA e NACIONALISTA húngaro, Viktor Orbán prometeu servir a seu país com justiça, fazendo o contrário de seus antecessores socialistas, que venderam as pessoas do país à escravidão por dívida interminável sob o chicote do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Estado terrorista de Israel. As administrações anteriores estavam cheias de israelenses em altos cargos, para a fúria das massas, que finalmente eleitos do partido Fidesz de Orban.

De acordo com um relatório sobre o site em língua alemã “National Journal”, Orbán agora veio para mudar e derrubar os usurários de seu trono. O popular primeiro-ministro nacionalista, disse ao FMI que a Hungria não quer nem precisa de mais “ajuda”, nem desse Banco da Reserva Federal(FED) dos “JUDAICO SIONISTAS “Rothschild”. Os húngaros não serão mais obrigados a pagar juros usurários, para os falsos banqueiros centrais, irresponsáveis e ladrões.
Em vez disso, o governo húngaro assumiu a soberania sobre a sua própria moeda, e, agora, as emissões da moeda nacional, começam sem dívidas, o dinheiro passa a ser livre, como é necessário. Os resultados têm sido nada menos do que notáveis. A economia do país, anteriormente estacionada e sem crescimento, e com um endividamento profundo, se recuperou rapidamente, progresso nunca antes visto desde a Alemanha nacional-socialista, de HITLER.
O Ministério da Economia húngaro anunciou que têm, graças a uma “política orçamental disciplinada”, reembolsado e pago em 12 de agosto de 2013, a € 2.2B o restante devido ao FMI, e bem antes de março de 2014 data de vencimento. Orbán declarou: “A Hungria goza da confiança dos investidores”, pelo que não se entende o FMI, o Fed ou qualquer outro tentáculo do império financeiro “JUDAICO SIONISTA” Rothschild. Em vez disso, ele estava se referindo aos investidores que produzem algo na Hungria para os húngaros e causam verdadeiro crescimento econômico. Esta não é a “prosperidade de papel” de piratas plutocráticos, mas o tipo de produção que realmente emprega pessoas e melhora suas vidas.
Com a Hungria agora livre dos grilhões da servidão, não são mais escravos da dívida, não é de admirar que o presidente do banco central húngaro, operado pelo governo, para o bem-estar público e não o enriquecimento privado dos ladrões representados pelos bancos do JUDAICO SIONISMO.

Exigiu que o FMI fechasse seus escritórios no solo húngaro. Além disso, o procurador geral do estado, ecoando os esforços da Islândia, outro país que fez o mesmo que a Hungria, e que agora, está livre e os banqueiros na cadeia. Trouxeram acusações contra os três últimos primeiros-ministros anteriores, por causa da quantidade da dívida criminosa em que haviam mergulhado a nação islandesa.

No Brasil é diferente, só que em sentido contrário, todos os JUDAICO SIONISTAS expulsos da Hungria e da Islândia, são bem recebidos pelo governo brasileiro:

Roubaram  a "VALE DO RIO DOCE", roubaram -- "O SISTEMA DE TELEFONIA BRASILEIRO", roubaram -- "OS AEROPORTOS BRASILEIROS", roubaram  todas -- "SIDERURGICAS BRASILEIRAS", roubaram os -- "PORTOS BRASILEIROS", roubaram --  "O SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA BRASILEIRO", roubaram as -- "LINHAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA, roubaram o --  "PETRÓLEO BRASILEIRO", e atravéz da desoneração tributária, estão se apropriando dos -- "IMPOSTOS DOS BRASILEIROS", pois esta desoneração, não beneficia o cidadão brasileiro, beneficia sim,  --"AS EMPRESAS JUDAICO SIONISTAS", e estamos falando de --  40 BILHÕES DE DÓLARES.



Pelo palavreado da maquiavélica DILMA e do ratagão FHC, se reclamamos do ROUBO, somos chamados de "BÁRBAROS E VAGABUNDOS".


A Dilma, assim como o Collor, o FHC, o Serra, a Marina Silva e o Aécio Neves, nada mais são do que, verdadeiros "CAVALOS DE TRÓIA SIONISTAS", estão a serviço da MÁFIA DO JUDAICO SIONISMO DE ISRAEL, eles são os únicos beneficiários e receptadores de tudo que está sendo roubado no Brasil.


Pelo andar da carruagem, vão nos transformar numa GRÉCIA GIGANTE, famintos e flagelados, pois já quebraram a EUROPA E OS ESTADOS UNIDOS!


ESTAMOS COM SAUDADE DOS GENERAIS, CRIARAM 500 ESTATAIS, E NÃO VENDERAM UMA ÚNICA SEQUER, E O BRASIL CRESCIA A 13% AO ANO DE FAZER INVEJA Á CHINA, NUM VERDADEIRO MILAGRE ECONÔMICO, ERAM E SÃO  PATRIOTAS, E PRESERVAVAM NOSSA SOBERANIA!




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário