quinta-feira, 14 de novembro de 2013

ALEMANHA - EX PRESIDENTE NO BANCO DOS RÉUS - CORRUPÇÃO

Presidente alemão Wulff à justiça por
 insider trading
Pic
Atualizado:
2013/11/14 16:34 GMT
Tamanho do texto:
Pequeno
Meio
Grande
 0  0 Google +1  1  0
Pela primeira vez na história da República Federal da Alemanha,
 ex-presidente  comparecer em tribunal acusado de 
tráfico de influência. 


Na quinta-feira o presidente Christian Wulff se senta no banco dos réus

 no tribunal  de Hanover, norte da Alemanha. Wulff, 54 anos, é acusado de suborno para
 o tratamento supostamente favorável ao produtor de cinema
 David Groenewold, 
por sua vez acusado de suborno. Segundo os promotores, o réu 
participou 
da Oktoberfest em Munique, em 2008, quando atuou como presidente da 
Baixa Saxónia, depois de ter sido convidado por seu amigo Groenewold,
 que 
pagou as contas de hotel e permanecer no partido, tudo a um valor de
 700 euros.
 Enquanto isso, Wulff Groenewold promoveu um projeto para A gigante de
 eletrônicos
 Siemens. Ex-Presidente, membro da União Democrata Cristã (CDU), 
da chanceler
 Angela Merkel rejeitou todas as acusações, explicando que ele sabia que 
seu amigo
 tinha pago uma parte do custo de alojamento e perguntou se era ilegal 
convidar
 ou ser convidado por amigos para uma refeição. Wulff renunciou em
 fevereiro
 de 2012, quando pesava demais encargos que mancharam sua
 reputação. 
Como por exemplo, de um suposto empréstimo concessional recebeu 
quando
 estava no poder. fm / rh / nal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário