Segundo Assad, há 40 anos os países árabes atuaram em frente unida contra o inimigo, e essa guerra foi “uma vitória da vontade sobre o medo” que os árabes tinham de Israel; mas hoje os árabes se uniram contra a Síria.
“Há 40 anos, a traição era oculta. Hoje, é manifesta. Alguns países árabes se transformaram em fantoches do Ocidente e cumprem todas suas ordens”, salientou Assad.